Titulares de CET

Para quem

Este concurso destina-se a candidatos titulares de um Diploma de Especialização Tecnológica (DET) que reúnam cumulativamente as seguintes condições:

  • Titulares de Diploma de Especialização Tecnológica;
  • Tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas para esse curso na Universidade de Évora, para o ano letivo a que se candidata, no âmbito do Concurso Nacional de Acesso;
  • Tenham obtido, nesses exames, a classificação mínima exigida para o curso pretendido, no ano letivo de candidatura, no Concurso Nacional de Acesso.

Como candidatar-se

As candidaturas devem ser submetidas online, em formulário próprio, sendo requerido registo prévio.

1º passo:  Registo aqui .
2º passo:  Preenchimento de formulário de candidatura aqui .

Na candidatura terá de anexar os seguintes documentos  em formato digital:

  • Diploma de Especialização Tecnológica;
  • Documento comprovativo da aprovação nos exames nacionais do ensino secundário, correspondentes às provas de ingresso fixadas pela UÉ no âmbito do Concurso Nacional de Acesso para o curso ao qual se candidata, com as respetivas classificações;
  • Documento comprovativo de exceção ao estatuto de estudante internacional no caso de ter nacionalidade de um país fora da União Europeia, mas estar abrangido por um dos casos em que não se aplica esse estatuto.

A candidatura apenas será analisada após pagamento da taxa de candidatura.

No caso de colocação e após efetuarem matrícula, os estudantes, exceto estudantes ingressados pelo Concurso Nacional de Acesso, têm obrigatoriamente de apresentar os seguintes documentos (clique aqui para ver como fazer o agendamento ):

a)    até 30 após a matrícula, os documentos originais dos certificados de habilitações inseridos na candidatura;

b)    até 31 de agosto do ano de ingresso, o comprovativo em como pediu o visto, no caso de ser estudante internacional não residente em Portugal;

c)    até 30 de novembro do ano de ingresso, os pré-requisitos emitidos por médico inscrito na Ordem dos Médicos em Portugal, no caso de ser estudante internacional ingressado em 1.º ciclo ou Mestrado Integrado que os exija;

d)    até 30 de novembro do ano de ingresso, o documento de identificação e o visto (quando aplicável).

O estudante que não proceda de acordo com os prazos acima referidos, a colocação e a matrícula são anuladas .  Até que efetive os referidos procedimentos, não será emitido qualquer comprovativo de matrícula, certificado de aproveitamento ou documento de certificação.

A informação constante na presente página não dispensa a consulta integral da regulamentação em vigor  sobre esta matéria.

 

 

Calendário

Fase única

Candidaturas:   05/jun/2022 até 19/ago/2022
Resultados:   Até 29/ago/2022
Matrículas:   29/ago/2022 até 02/set/2022
Resultados após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável:   Até 06/set/2022
Matrículas após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável:   06/set/2022 até 09/set/2022

Vagas

Consulte no curso a informação sobre as vagas .

Requisitos de Acesso

O candidato tem de realizar e obter aprovação com a classificação mínima exigida nos exames nacionais do ensino secundário português, correspondentes às provas de ingresso fixadas pela UÉ no âmbito do Regime Geral de Acesso para o curso ao qual se candidata.

A lista de Diplomas de Especialização Tecnológica e os cursos a que facultam o ingresso constam do Despacho Reitoral n.º 44/2017 , de 27 de março

Outros requisitos:
As candidaturas aos cursos em que sejam exigidos pré-requistos  estão condicionadas à satisfação dos mesmos, devendo ser entregue declaração comprovativa no ato de matrícula.

Regulamentos e guias

Contactos

Para mais informações consulte SAC.ONLINE , o  Balcão de Atendimento online dos Serviços Académicos.

Clique aqui  para consultar o horário de atendimento e contactos dos Serviços Académicos.