Doutoramentos

Para quem

Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor , estudantes nacionais e internacionais:

  • titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
  • titulares de grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico do IIFA;
  • detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico do IIFA.

O reconhecimento da capacidade para frequentar o ciclo de estudos pelo Conselho Cientifico do IIFA tem de ser requerido pelo candidato no formulário de candidatura e tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor, não sendo esse reconhecimento válido para outros efeitos.

Nos Editais de abertura de cada curso, poderão constar condições específicas de ingresso  nesse curso, sendo excluídos da seriação todos os candidatos que não cumpram as referidas condições.

Como candidatar-se

As candidaturas a Doutoramentos são submetidas online, através de preenchimento de formulário próprio.

1º passo: Registo aqui .
2º passo: Preenchimento de formulário de candidatura aqui .

Juntamente com o formulário devem ser submetidos os documentos abaixo indicados,

  • Diploma de grau de licenciado e diploma de grau de mestre;
  • Certificado de habilitações (Unidades Curriculares discriminadas com respetiva nota e ECTS, não sendo necessário para alunos com habilitação obtida na Universidade de Évora);
  • Curriculum Vitae ;
  • Comprovativo de candidatura ao abrigo de Protocolo se aplicável;
  • Declaração da Instituição que emitiu o certificado de habilitações ou da Embaixada com a média final e a escala de classificação utilizada nessa instituição, identificando a classificação mínima a que corresponde aprovação (caso não conste do certificado de habitações), no caso de possuir habilitações estrangeiras. Esta declaração é necessária na conversão da classificação para a escala portuguesa e para apurar os candidatos que recebem Bolsa de Mérito para Estudantes Internacionais;
  • Documento comprovativo de exceção ao estatuto de Estudante Internacional (ao abrigo do Artigo n.º 3 do Decreto-Lei n.º 62/2018  ), no caso de ter nacionalidade de um país fora da União Europeia, mas estiver num dos casos em que não se aplica o estatuto de estudante internacional.

A candidatura apenas será analisada após pagamento da taxa de candidatura.

A autenticação dos documentos de candidatura e a apresentação do documento de identificação tem de ser efetuada até 31 de dezembro do ano letivo em que ingressa. As habilitações obtidas em países fora da União Europeia têm de ser legalizadas pela Embaixada ou Consulado português  no país de origem das habilitações ou mediante aposição da Apostila de Haia  .

A informação constante na presente página não dispensa a consulta integral da regulamentação em vigor  sobre esta matéria.

Para informação complementar consultar as fichas de curso e respetivos editais.

Calendário

1ª Fase

  • Candidaturas: 27/jan/2020 até 27/mar/2020
  • Resultados: Até 24/abr/2020
  • Matrículas: 24/abr/2020 até 30/abr/2020
  • Resultados após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável: Até 06/mai/2020
  • Matrículas após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável: 06/mai/2020 até 12/mai/2020

2ª Fase

  • Candidaturas: 24/abr/2020 até 03/jul/2020
  • Resultados: Até 24/jul/2020
  • Matrículas: 24jul/2020 até 31/jul/2020
  • Resultados após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável: Até 05/ago/2020
  • Matrículas após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável: 05/ago/2020 até 13/ago/2020

3ª Fase 

  • Candidaturas: 24/jul/2020 até 01/set/2020
  • Resultados: Até 16/set/2020
  • Matrículas: 16/set/2020 até 22/set/2020
  • Resultados após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável: Até 25/set/2020
  • Matrículas após recolocações e/ou redistribuição de vagas, se aplicável: 25/set/2020 até 01/out/2020

NOTAS:
- A 2ª fase e a 3ª fase de candidaturas estão sujeitas às vagas sobrantes após colocações, recolocações e redistribuição de vagas nas fases antecedentes. Por conseguinte, pode haver cursos que não abrem 2ª e/ou 3ª fase de candidaturas.

- Na 3ª fase de candidaturas não podem candidatar-se nacionais de um país fora da União Europeia, a não ser que já tenham visto ou autorização de residência.

Vagas

Consulte as vagas iniciais nos Editais dos cursos.
Vagas sobrantes para a 2.ª fase de Programas de Doutoramento .

Regulamentação e guias

Contactos

Para mais informações consulte SAC.ONLINE , o  Balcão de Atendimento online dos Serviços Académicos.

Clique aqui  para consultar o horário de atendimento e contactos dos Serviços Académicos.