Avançar para o conteúdo principal

António Mira

Professor Associado c/ Agregação (Departamento de Biologia)

Fotografia
Doutoramento: Biologia (Ecologia e Biossistemática)/Ciências Biológicas (Universidade de Lisboa - 1999)
Licenciatura: Biologia - Recursos Faunísticos e Ambiente/Ciências Biológicas (Faculdade de CIências da Universdidade de Lisboa - 1990)
MED - Instituto Mediterrâneo para Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (Membro Integrado Doutorado)
Ciências Biológicas - Biologia da Conservação; Ecologia de Mamíferos; Ecologia da Paisagem;Biologia das Populações e das Comunidades;
As minhas áreas de investigação situam-se entre a "Ecologia das Populações e das Comunidades Aplicada” e a "Ecologia da Paisagem" e nos últimos cinco anos os meus principais interesses têm-se concentrado nos seguintes tópicos:

1. Efeitos das redes lineares de transporte na biodiversidade, incluindo descrição de padrões de atropelamentos rodoviários / ferroviários e determinação das principais características da paisagem associadas a pontos críticos de mortalidade de fauna; quantificação do efeito de barreira para espécies com diferentes formas de locomoção; e avaliação dos efeitos da perturbação das infraestruturas lineares na abundância e uso do espaço de diferentes espécies;
2. Efeitos das alterações no uso da solo e fragmentação do habitat na conectividade funcional da paisagem implicações para a persistência da metapopulações;
3. Impactos da homogeneização da paisagem e intensificação das práticas agrícolas na biodiversidade e nos serviços de ecossistema
4. Recuperação da biodiversidade e reabilitação de habitats em áreas fortemente alteradas e degradadas;
5. Gestão e recuperação de populações cinegéticas.
Em 2002 criou com Paulo Sá Sousa, e definiu o plano de estudos do Mestrado em Bioloogia da Conservação da Uniiversidade de Évora, tendo sido diretor do mesmo nas suas duas primeiras edições, entre setembro de 2003 e setembro de 2006.

Em maio de 2003 criou a Unidade de Biologia da Conservação (UBC) do Departamento de Biologia da Universidade de Évora, para apoiar pedagógica e cientificamente projetos na área da conservação, sendo responsável pela mesma desde o seu início.AUBC apoiou vários projetos de investigação, doutoramento e mestrado, dos quais resultou a publicação de pelo menos 65 artigos científicos e 5 capítulos de livros, todos com revisão por pares.

Paralelamente à UBC criou um Sistema Global de Informação para a equipa de trabalho que está instalado num servidor próprio. Este sistema contém mais de 1500 “layers” de informação geográfica, incluindo informação produzida pela equipa e externa. Inclui ainda uma base de dados de ocorrências de fauna com dados obtidos em projetos ou colaborações da equipa. Esta base, em outubro do de 2020 continha mais de 248 000 registos com localizações georreferenciadas.

DEsde Janeirode 2020. Membro integrado do Instituto Mediterrâneo Para a Agricultura, Ambiente E Desenvolvimento (MED), Grupo de investigação "Ecologia Aplicada e Conservação"


 


 


Entre Janeiro e dezembro  janeiro de 2019. Membro integrado do Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM), Grupo de investigação “Paisagem, Biodiversidade e Sistemas Socio-Ecológicos”


Setembro de 2011 a dezembro de 2018. Investigador no Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos – Pólo de Évora (CIBIO-UE)/Rede de Investigação em Biodiversidade (InBIO), Grupo de Investigação em “Ecologia Aplicada”.


Março de 2007 a agosto de 2011. Investigador no Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM), Unidade de “Ecossistemas e Paisagens Mediterrânicas”.

desde 2008. Membro do "Infrastructure and Ecology Network Europe" (IENE)


Desde Setemdro de 2018, membro do Comité Diretivo do IENE, respresentando neste comité a coordenação da Comissão Organizadora do IENE 2020 International Conference"

1990-93. Bolsa de doutoramento, Junta Nacional de Investigação Científica e Tecnológica, Programa Ciência (BD/665/90-RN). Tema de investigação: Ecologia do rato-cego-mediterrânico (Microtus duodecimcostatus) em pomares de citrinos do sul de Portugal, com vista ao estabelecimento de bases para a gestão das populações. Orientação: Maria da Luz Mathias, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.


 


1988-89. Bolsa de Iniciação à Investigação, Instituto Nacional de Investigação Científica. Tema de investigação: A utilização de índices morfofisiológicos na caracterização biológica de populações de mamíferos em sistemas agro-pecuários e áreas adjacentes. Orientação: Maria da Luz Mathias, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.


 

PTDC/CVT-CVT/29062/2017 / Portugal 2020 ,FCT
em curso até 30/09/2021
POCI-01-0145-FEDER-031728 / Portugal 2020 ,Portugal 2020 ,FCT ,Portugal 2020 ,Portugal 2020
em curso até 30/06/2021
LIFE14 NAT/PT/001081 / LIFE
concluído em 31/07/2020
LIFE12 NAT/PT/000997 / LIFE
concluído em 30/09/2018
LIFE/2003/NATURA / LIFE
concluído em 16/06/2008


Eu Sou
Espaço onde poderá selecionar o perfil de acesso que mais se adequa à sua situação.
Candidato à UÉ
Oferta Formativa, Conhecer a UÉ, Candidaturas, Apoios Sociais e Documentação Útil
Estudante UÉ
Calendário Escolar, Oportunidades a não perder, Programas de Mobilidade e Atividades Académicas
Docente e Investigador
Unidades de I&D, Notícias em Destaque, Projetos de Investigação, Atividades em desenvolvimento e Conferências
Alumnus
Família UÉ, Atividades Alumni, Testemunhos, Prémios Carreira e Eventos de interesse
Empresa
Submissão de Ofertas de Estágios e Emprego, Prestação de Serviços e Eventos no âmbito empresarial
Eu Quero
Espaço onde poderá selecionar um link rápido, de uma ação que pretende realizar