Mobilidade de Estudantes

A Europa tem uma necessidade cada vez mais premente de dotar os seus cidadãos de formação, competências e de potenciar a criatividade. O mundo está a mudar rapidamente, e por isso é crucial que os sistemas de ensino e formação consigam acompanhar este desenvolvimento, adaptando-se e modernizando-se e aproveitando as novas oportunidades decorrentes dessa mesma evolução. O Erasmus + dá um contributo decisivo para responder aos desafios impostos pela constante mudança.

  • Erasmus + Mobilidade Estudos       – para mobilidade de estudantes que pretendam desenvolver um período de estudos noutra instituição com a qual exista Acordo/Protocolo, que poderá ir de um semestre até um período mínimo de 3 meses e máximo de 12 meses. 
  •  Erasmus + Mobilidade Estágios   - possibilidade a qualquer estudante de efectuar um estágio na Universidade de Évora em contexto de trabalho, por um período de 2 a 12 meses. O estágio pode ser no âmbito:
    • Curricular  – para realização de um estágio que esteja dentro do plano curricular do curso que o estudante frequenta na sua Instituição
    • Extra Curricular  – para realização de um estágio que não integra o plano de estudos do curso e não será contabilizado para o grau académico do curso que o estudante frequenta na sua Instituição.

Para Quem

Para estudantes de Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento, matriculados e inscritos numa Instituição de Ensino Superior que tenha acordo/protocolo com a Universidade de Évora.

Selecionando  o País e a Instituição de Ensino Superior na qual está matriculado (Instituição de origem), será disponibilizada informação se  a Universidade de Évora tem protocolo/acordo e qual o Programa/Projeto de Mobilidade ao abrigo do qual é possível realizar um período de mobilidade na Universidade de Évora.

Como efectuar candidatura

Confirmado que a Universidade de Évora tem acordo com a Instituição em que o estudante está matriculado e identificado o Programa/projeto ao abrigo do qual pretende realizar a mobilidade, o estudante deverá contactar o Gabinete de Mobilidade/Relações Internacionais da sua Instituição de Ensino Superior (Instituição de origem) e solicitar a emissão da Declaração de Nomeação  / Nomination Letter  para que possa candidatar-se a um período de mobilidade na Universidade de Évora.

Deverá anexar a declaração à sua candidatura, devendo para tal efetuar o registo no Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora (SIIUE)  para obtenção das credenciais de forma a poder submeter a candidatura.

No caso da candidatura ser validada pela Universidade de Évora, tendo em conta o número de vagas disponível, será notificado, para submeter através do SIIUE a proposta do processo de  mobilidade com o Plano de estudos (Learning Agreement ) ou de Estágio (Training Agreement ) de forma a formaliza-lo.

Só após assinatura desse documento pela Instituição origem, pelo estudante e pela Universidade de Évora, se poderá concretizar a mobilidade.

 

Documentação

  • Declaração de Nomeação  / Nomination Letter  da Instituição de Origem
  • Curriculum Vitae
  • Documento de identificação (passaporte, cartão cidadão, etc)
  • Registo Académico/histórico escolar
  • Certificados de proficiência em línguas (se aplicável)

No caso de candidatura a Programas ERASMUS+ International Credit Mobiity (ICM), tem de ser entregues também os seguintes documentos:

  • Carta de motivação

Regulamentação e Guias

Guia de Apoio para registo no SIIUE  PT  / 

Support Guide for SIIUE registration EN

Guia de Apoio À Candidatura PT / Support Guide to the Application EN

Guia de Apoio ao Processo de Mobilidade PT  / Support Guide to the Mobility Process EN

 

Mais informação

Balcão de Atendimento Online.

Proposta de Processo de Mobilidade

Após notificação de admissão na Universidade de Évora, o estudante deve aceder ao Sistema de Informação Integrada da Universidade de Évora a fim de submeter o processo de mobilidade, no âmbito do qual será necessário anexar:

  • Plano de Estudos / Learning Agreement (no caso de mobilidade no âmbito de estudos)
  • Plano de Estágio/Training Agreement  (no caso de mobilidade no âmbito de estágio)

No caso de mobilidade no âmbito de estudos, é necessário submeter o Plano de estudos / Learning Agreement, o qual inclui a data de início e término do período de mobilidade assim como todas as unidades curriculares/disciplinas a serem realizados pelo aluno na Universidade de Évora e as correspondentes unidades curriculares/disciplinas com equivalência na Instituição de origem.

As disciplinas/unidades curriculares oferecidas na Universidade de Évora, podem ser consultadas aqui .

O estudante tem de frequentar pelo menos 50% dos créditos ECTS que integram o plano de estudos do curso que pretende frequentar, contudo pode frequentar unidades curriculares/disciplinas de outros cursos em funcionamento.

No máximo, o plano de estudos pode incluir 72 créditos ECTS/ano letivo, não podendo exceder 42 créditos ECTS por semestre. No mínimo, o plano de estudos tem de contemplar a frequência de 18 créditos ECTS por semestre.

 

Carta de Aceitação

A Carta de Aceitação só será remetida ao estudante após o Learning Agreement ou Training Agreement devidamente assinados por todas as partes (Instituição de origem, Universidade de Évora e estudante) e o Contrato de mobilidade (no caso de Programa/Projetos ICM), o que obrigatoriamente tem de ocorrer antes do início da mobilidade. Não é obrigatório circular documentos com assinaturas originais; cópias digitalizadas de assinaturas ou assinaturas digitais podem ser aceitas.

Apoio Linguístico

A Universidade de Évora, disponibiliza aos estudantes em mobilidade in o "Curso de Língua Portuguesa" em função do nível de conhecimento que os estudantes venham a demonstrar.

Erasmus Student Network Évora (ESN Évora)

A ESN Évora  faz parte da International Exchange Erasmus Student Network  (ESN), a maior associação de estudantes sem fins lucrativos da Europa, cujo objetivo principal  é fornecer informações aos estudantes em mobilidade e ajudar na sua adaptação e integração ao país e à comunidade onde se inserem. Mais informações aqui.

Alojamento

A Universidade de Évora tem residências, mas apenas para estudantes com dificuldades económicas comprovadas através da apresentação de documentos, que têm de ser anexados à candidatura (declaração de dificuldade financeira e declaração do valor da Bolsa de mobilidade que lhe foi atribuída). As residências são de quartos duplos com casa de banho e cozinha partilhadas.

Para ajuda na procura de alojamento privado pode contactar a ESN  (Erasmus Students Network ) por email: esn.uevora@gmail.com   e a INLIFE Portugal : INLIFEhttp://www.inlifeportugal.com/  (ver informação em anexo)

Enquanto procura por alojamento privado, aconselhamos que faça uma reserva provisória para os primeiros dias em Évora, num hotel, hostel ou pensão.

Certificado  de Presença (Attendance)

Ao chegar à Universidade de Évora, deverá dirigir-se ao Gabinete de Apoio à Mobilidade dos Serviços Académicos na Rua Duques de Cadaval, Edifício de Santo Agostinho, onde poderá obter a assinatura e carimbo do “Certificado de Presença” (Attendance ).

Registo obrigatório nos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SEF)

A legislação comunitária em vigor determina que todos os cidadãos que permaneçam noutro Estado-Membro por mais de três meses, têm a obrigação de se registar, solicitando uma autorização de residência, junto dos serviços encarregues de regular a entrada de estrangeiros no país,

Número de Identificação Fiscal

No caso de pretender obter o número de identificação fiscal (NIF) para realização de contrato de arrendamento ou abertura de conta bancária, deverá dirigir-se ao Gabinete de Apoio ao Estudante nos Serviços Académicos, a fim de ser acompanhado por um colaborador da Universidade de Évora à Autoridade Tributária e Aduaneira.

Alteração ao Plano de Estudos/Learning Agreement

Os estudantes em mobilidade in  ficam sujeitos ao disposto no Regulamento Académico da Universidade de Évora    no que respeita ao processo de ensino-aprendizagem e ao regime geral de avaliação, sendo matriculados e inscritos automaticamente, de acordo com o curso e UC constantes no learning agreement homologado, não podendo frequentar e ser avaliados em UC que não constem no learning agreement, nem podendo realizar provas de avaliação na época especial ou extraordinária.

O estudante dispõe apenas de um prazo de 30 dias, a contar da data da sua chegada à Universidade de Évora, para submeter através do SIIUE a proposta de alteração ao Plano de Estudos/Learning Agreement (Guia de Alteração do Learning Agreement PT  / EN  ), por força de circunstâncias não previstas, tais como: sobreposição de horários, inexequibilidade das disciplinas escolhidas (a nível do conteúdo),  a disciplina não estar a ser lecionada, o

Após esse prazo, alterações ao Learning Agreement, tem de ser requeridos através do GESDOC .

Prolongamento do Período de mobilidade

O período de mobilidade, quando inicialmente correspondente ao 1º semestre do ano letivo em curso, poderá ser estendido até ao 2º semestre, desde que o prolongamento seja previamente acordado entre a Instituição de origem e a Universidade de Évora e verificadas as seguintes condições:

  • o pedido e o acordo do prolongamento com novo plano de estudos/learning agreement, devidamente assinado, sejam formalizados antes do final do período de mobilidade inicialmente previsto, ou seja antes do final do 1º semestre.
  • o período de prolongamento deve seguir-se, imediatamente, e sem qualquer interrupção, ao período de estudos em curso, com excepção de férias escolares.
  • não são permitidos períodos de mobilidade, com ou sem prolongamento, com duração superior a um ano académico

Antecipação do término do período de mobilidade

Nos casos dos estudantes num periodo de mobilidade correspondente a um ano académico, que durante o 1º semestre na Universidade de Évora, por motivos de força maior, devidamente fundamentados, obriguem o estudante a abdicar do 2º semestre, o estudante deverá através de GESDOC  comunicar ao Gabinete de Apoio à Mobilidade da Universidade de Évora e à sua Instituição de origem, antes do 1º semestre terminar.

Recebimento de bolsa no âmbito do Programa/Projeto ICM

No caso de estudantes do Programa/Projeto ICM a quem tenha sido atribuída bolsa, a mesma só poderá ser paga, atarvés de cheque, após o Gabinete de Apoio à Mobilidade ter procedido à assinatura do Certificado de Presença (Certificate of Attendance).

No caso de desistência, antes dos 3 meses de  mobilidade de estudos ou de 2 meses de estágio, bolsa terá de ser devolvida na íntegra. Após esse prazo terá de devolver o valor da bolsa correspondente ao período remanescente.

Certificado  de Presença (Certificate of Attendance)

Antes de partir para a Instituição de origem, o estudante deverá dirigir-se ao Gabinete de Apoio à Mobilidade dos Serviços Académicos, para obter a assinatura e carimbo do seu “Certificado de Presença” (Certificate of Attendance).

Certificado de Avaliações (Transcript of Records)

Após serem lançadas todas as classificações das unidades curriculares/disciplinas em que o estudante esteve inscrito, será emitidos o Certificado das Avaliações das unidades curriculares frequentadas na instituição de acolhimento, sem ser necessário o pedido de emissão do mesmo e sem qualquer custo. O documento digitalizado será remetido à Instituição de origem e ao estudante, podendo o estudante obter o original no Gabinete de Apoio ao Estudante

Relatório Final para estudantes de Programas/Projetos International Credit Mobility (ICM)

Após o fim do período de mobilidade, o estudante terá, também, de preencher o Relatório Final, que lhe será disponibilizado, via email. O preenchimento do Relatório Final é obrigatório  .