Fora da Europa

 

Existem vários programas de mobilidade que fomentam a mobilidade para países fora do espaço europeu. As Bolsas Santander apoiam a mobilidade entre países ibero-americanos, a Associação de Universidades de Língua Portuguesa promove a mobilidade entre instituições de países de expressão portuguesa e o Programa Erasmus+, através da International Credit Mobility , apoia a mobilidade para instituições de ensino superior (IES), em países situados fora do espaço europeu. Para além destes programas, a mobilidade entre a Universidade de Évora e instituições de ensino superior fora da europa é possível desde que exista um protocolo de intercâmbio .

O Programa Erasmus+ apoia Ações orientadas para a cooperação com países parceiros, permitindo a oportunidade de mobilidade IN e OUT a estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente  para aprender, ensinar e/ou dar formação em instituições de ensino superior (IES), em países situados fora do espaço europeu, os chamados “países do programa" e "países parceiros" e vice-versa. Estas mobilidades são conhecidas como “International Credit Mobility”  e é uma atividade que pertence à Ação Chave 1 – Mobilidade do Programa Erasmus+. Ao abrigo deste projeto institucional, estão em vigor os contratos seguintes:

Projeto/contrato - 2019-1-PT01-KA107-060423

Aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2019 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem,  este projeto decorre de 01/08/2019 a 31/07/2022  e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições parceiras.

Candidaturas a Mobilidade In e Out para Estudantes e Staff (Docentes e Não Docentes):  

  • 2ª FASE DE CANDIDATURAS: De 15 a 31 de março de 2021 - ver Edital  (PT)
  • 1ª FASE  DE CANDIDATURAS:: De 3 a 28 de fevereiro de 2020 - prorrogado até 16 de março - Ver Edital (PT  , EN  ) 

Áreas elegíveis : Biologia, Agricultura, Ambiente, Planeamento e Ordenamento, Astrofísica e Computação

Países elegíveis : Portugal, Bósnia-Herzegovina, Marrocos e Tailândia

 

Projeto/contrato - 2018-1-PT01-KA107-046905:

Aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2019 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem, este projeto decorre de 01/06/2018 a 31/07/2021  e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições parceiras.

Áreas elegíveis : Agricultura, Alimentação, Ambiente, Ordenamento do Território e High Performance Computing aplicado à Astrofísica.

Países elegíveis : Portugal, Sri Lanka, Marrocos, Moçambique, Tailândia e Vietnam

O Programa Erasmus+ apoia Ações orientadas para a cooperação com países parceiros, permitindo a oportunidade de mobilidade IN e OUT a estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente  para aprender, ensinar e/ou dar formação em instituições de ensino superior (IES), em países situados fora do espaço europeu, os chamados “países do programa" e "países parceiros" e vice-versa. Estas mobilidades são conhecidas como International Credit Mobility .  

No âmbito do Programa Erasmus+ foi acreditado o consórcio para mobilidade no Ensino Superior AMIGO – Ambiente e Gestão, constituído pelas seguintes instituições nacionais: Instituto Politécnico de Tomar, Universidade de Aveiro, Universidade de Évora, Universidade de Lisboa e Universidade Nova de Lisboa. As instituições membros do consórcio pertencem à Rede de Estudos Ambientais de países de língua portuguesa (REALP) . Esta rede foi inicialmente criada entre Portugal e o Brasil (1997), com o objetivo da cooperação científica na área do ambiente e do desenvolvimento sustentável. Em 2012 estendeu a sua atuação à África lusófona, integrando Angola através da Universidade Agostinho Neto (UAN).

Candidaturas a Mobilidade In e Out para Estudantes e Staff (Docentes e Não Docentes):   18 de janeiro a 26 de fevereiro de 2021 - prorrogação até 31 de março de 2021 - Ver Edital (PT  ,EN  ,FR )

Projeto/contrato - 2020-1-PT01-KA107-078038

Este projeto do consórcio AMIGO- Ambiente e Gestão   foi aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2020 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem. Decorre entre 01/08/2020  e 31/07/2022  e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições dos seguintes países: Portugal, Albânia, Angola, Cabo Verde, Algéria, Israel, Líbano, Marrocos, Moçambique, Palestina, São Tomé e Príncipe e Tunísia, nas áreas de Ambiente, Sociedade, Ciências Sociais e Sustentabilidade.

Foram aprovadas mas não financiadas mobilidades para: Argentina, Brasil, Chile, Montenegro e Estados Unidos da América.

 

- A UÉ atribui bolsas a mobilidade IN e OUT – STAFF / Docentes e trabalhadores não docentes e Estudantes

- Valor da bolsa  – Apoio individual

STAFF – Docentes e trabalhadores não docentes

Mobilidade de pessoal de Países do Programa para Países Parceiros

 

Montante diário (EUR)

 

do 1º ao 14º dia

do 15º ao 60º dia

180 €

126 €

 

Mobilidade de pessoal de Países Parceiros para Países do Programa

 

Montante diário (EUR)

 

do 1º ao 14º dia

do 15º ao 60º dia

160 €

112 €

 

ESTUDANTES – SMS

Países Parceiros

Portugal

850 €

Portugal

Países Parceiros

700 €

 

- Valor da bolsa  – Viagem – Contribuição para custos da viagem – STAFF e Estudantes

Distâncias de viagem

Montante

Entre 10 e 99 km

20 EUR por participante

Entre 100 e 499 km

180 EUR por participante

Entre 500 e 1999 km

275 EUR por participante

Entre 2000 e 2999 km

360 EUR por participante

Entre 3000 e 3999 km

530 EUR por participante

Entre 4000 e 7999 km

820 EUR por participante

8000 km ou mais

1500 EUR por participante

Nota: a “distância de viagem” representa a distância entre os locais de origem e de destino; o “montante” cobre a contribuição para a viagem de ida e de volta.

 

Projeto/contrato - 2019-1-PT01-KA107-060632

 Este projeto do consórcio AMIGO- Ambiente e Gestão   foi aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2019 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem. Decorre de 01/08/2019  a 31/07/2022 e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições parceiras..

Candidaturas a Mobilidade In e Out para Estudantes e Staff (Docentes e Não Docentes):  3 a 28 de fevereiro de 2020 (prorrogado até 16 de março) - Ver Edital (PT , EN , FR )

Áreas elegíveis:  Ambiente, Sociedade, Ciências Sociais e Sustentabilidade.

Países elegíveis : Portugal , Albânia, Angola, Brasil, Cabo Verde, Algéria, Israel, Líbano, Marrocos, Moçambique, Palestina, Tunísia, Estados Unidos da América e Montenegro.

 

Projeto/contrato - 2018-1-PT01-KA107-047027

Este projeto do consórcio AMIGO - Ambiente e Gestão   foi aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2019 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem. Decorre de 01/06/2018  a 31/07/2021  e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições parceiras.

Áreas elegíveis:  Ambiente, Sociedade e Sustentabilidade

Países elegíveis : Portugal, Albânia, Algéria, Líbano, Marrocos e Tunísia

O Programa Erasmus+ apoia Ações orientadas para a cooperação com países parceiros, permitindo a oportunidade de mobilidade IN e OUT a estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente  para aprender, ensinar e/ou dar formação em instituições de ensino superior (IES), em países situados fora do espaço europeu, os chamados “países do programa" e "países parceiros" e vice-versa. Estas mobilidades são conhecidas como International Credit Mobility .  

No âmbito do Programa Erasmus + foi acreditado o consórcio para mobilidade no Ensino Superior MARE NOSTRUM constituído pelas instituições nacionais seguintes:Universidade do Algarve, Universidade de Évora, Universidade do Porto e Universidade Nova de Lisboa.

Projeto/contrato - 2019-1-PT01-KA107-060331

Este projeto do consórcio MARE NOSTRUM  foi aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2019 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem.  Decorre de 01/06/2019  a 31/07/2022  e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições dos seguintes

Países elegíveis:  Portugal, Albânia, Algéria, Bósnia – Herzegovina, Kosovo, Líbia, Marrocos, Montenegro, Síria, Tunísia e Egipto.

Candidaturas : de 1 de setembro de 2020 a 15 de outubro de 2020 (divulgação de resultados na 1ª semana de Dezembro)

Mais informações consulte https://up.pt/marenostrum2019/

 

Projeto/contrato - 2018-1-PT01-KA107 - 047099

Este projeto do consórcio MARE NOSTRUM  foi aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2019 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem. Decorre de 01/06/2018 a 31/07/2021  e possibilita a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições parceiras.

Países elegíveis:  Portugal, Albânia, Bósnia Herzegovina, Egipto, Marrocos, Sérvia, Montenegro e Kosovo.

Candidaturas : de 1 de setembro de 2020 a 15 de outubro de 2020 (divulgação de resultados na 1ª semana de Dezembro)

Mais informações consulte https://up.pt/marenostrum2018/

No domínio do ensino superior, o Programa Erasmus+ apoia Ações orientadas para a cooperação com Países Parceiros, nomeadamente a Mobilidade Creditada Internacional de Indivíduos (International Credit Mobility), oferecendo assim a oportunidade de mobilidade IN e OUT a estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente  para aprender, ensinar e/ou dar formação em instituições de ensino superior (IES), em países situados fora do espaço europeu, os chamados “países do programa" e "países parceiros", e vice-versa. 

No âmbito do Programa Erasmus + foi acreditado o consórcio para mobilidade no Ensino Superior PEERS, constituído pelas seguintes instituições nacionais: Universidade do Minho, Universidade de Aveiro e Universidade de Évora. 

Projeto/contrato - 2020-1-PT01-KA107 – PEERS

Este projeto do Consórcio PEERS  foi aprovado no âmbito do Programa Erasmus +, Educação e Formação 2020 – Ensino Superior – Ação KA107 – Mobilidade para Fins de Aprendizagem. Decorre entre 01/08/2020  e 31/07/2022 , possibilitando a mobilidade IN e OUT de estudantes , pessoal docente  e pessoal não docente entre instituições dos seguintes países: Portugal, Albânia, Arménia, Bielorrússia, Bósnia & Herzegovina, Geórgia, Kosovo e Ucrânia.

 

- A UÉ atribui bolsas a mobilidade IN e OUT – STAFF / Docentes e trabalhadores não docentes e Estudantes

- Valor da bolsa  – Apoio individual

STAFF – Docentes e trabalhadores não docentes

Mobilidade de pessoal de Países do Programa para Países Parceiros

 

Montante diário (EUR)

 

do 1º ao 14º dia

do 15º ao 60º dia

180 €

126 €

 

Mobilidade de pessoal de Países Parceiros para Países do Programa

 

Montante diário (EUR)

 

do 1º ao 14º dia

do 15º ao 60º dia

160 €

112 €

 

ESTUDANTES – SMS

Países Parceiros

Portugal

850 €

Portugal

Países Parceiros

700 €

 

 - Valor da bolsa  – Viagem – Contribuição para custos da viagem – STAFF e Estudantes

Distâncias de viagem

Montante

Entre 10 e 99 km

20 EUR por participante

Entre 100 e 499 km

180 EUR por participante

Entre 500 e 1999 km

275 EUR por participante

Entre 2000 e 2999 km

360 EUR por participante

Entre 3000 e 3999 km

530 EUR por participante

Entre 4000 e 7999 km

820 EUR por participante

8000 km ou mais

1500 EUR por participante

Nota: a “distância de viagem” representa a distância entre os locais de origem e de destino; o “montante” cobre a contribuição para a viagem de ida e de volta.

 

A Mobilidade Internacional  é uma oportunidade para os estudantes efetuarem parte dos seus estudos e/ou estágio  numa instituição/empresa/organização fora da Europa (Outgoing) ou na Universidade de Évora (Incoming), através de protocolos assinados entre a Universidade de Évora e outras instituições dos diversos Continentes. Esta oportunidade representa uma mais valia não só ao nível académico e científico, dando aos estudantes a oportunidade de enriquecer o seu curriculum, mas também a nível pessoal.

Ao Programa de Bolsas  Ibero-Americanas para Estudantes de Licenciatura e Mestrado – Santander Universidades podem candidatar-se os estudantes de 1º, 2º ciclos e Mestrado Integrado da Universidade de Évora, nas condições expostas no respectivo Regulamento , que pretendam realizar um período de estudo numa Universidade parceira dum  país da América Latina ou Espanha, nomeadamente Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Perú, Porto Rico, Uruguai e Espanha.

Este Programa resulta de um convénio específico de colaboração entre a Universidade de Évora e o Banco Santander que possibilita a atribuição de bolsas para países da América Latina e Espanha e pretende facilitar aos estudantes a oportunidade de prosseguirem os seus estudos durante um semestre académico numa universidade ibero-americana.

As bolsas Santander Global visam apoiar, através de um complemento financeiro no valor de 1000 (mil euros), os estudantes com limitações económicas, que pretendam frequentar um período de mobilidade numa universidade estrangeira. 

Não é permitido acumular bolsas de mobilidade Santander, porém é possível fazê-lo com  outras bolsas ou apoios, privados ou públicos, como é o caso da bolsa Erasmus+ .

Podem candidatar-se a esta bolsa os estudantes que cumpram as seguintes condições, nos termos do Regulamento específico do Programa de Bolsas Santander Mobilidade Global

  • Estar matriculado e inscrito na Universidade de Évora no ano letivo em que irá realizar a mobilidade
  • Ter aproveitamento a 50% dos ECTS do curso ou pelo menos a 120 ECTS, correspondente aos dois primeiros anos curriculares do curso
  • Ter obtido aproveitamento escolar, nos termos previstos no RAUÉ, no ano letivo antecedente à mobilidade
  • Ter nacionalidade Portuguesa

À candidatura devem ser anexados os seguintes documentos obrigatórios:

  • Curriculum Vitae, descritivo da carreira escolar, de atividades sociais ou desportivas, de intervenção cívica ou de apoio familiar (Máximo 2 páginas A4);
  • Comprovativo da situação económico-financeira que conduz o aluno à necessidade da bolsa para prosseguir os estudos;
  • Carta de motivação demonstrativa da importância da Bolsa Mobilidade Global no desenvolvimento pessoal e profissional do candidato (Máximo 1 página A4).

A candidatura deve ser submetida online no SIIUE e na Plataforma do Banco Santander até 31 de dezembro de 2020 :

  • No SIIUE –  entrar com o perfil do aluno e efetuar o registo da candidatura;