Política de Qualidade

O aumento da competitividade impõe padrões de exigência de qualidade crescentes a todos os intervenientes. A Qualidade deve estar sempre presente na atuação dos cidadãos e das instituições, com particular responsabilidade nas Universidades.

Consciente desta responsabilidade a Universidade de Évora criou em 2006 a pró-reitoria para a política de qualidade e da inovação com o objetivo de promover, monitorizar e apoiar as iniciativas de melhoria da qualidade, com a responsabilidade de coordenar os processos de avaliação e de acreditação de cursos, a promoção da qualidade e da inovação, a disseminação de boas práticas e o apoio aos processos de criação e adequação de cursos às linhas orientadoras do processo de Bolonha.

Em 2009, a Universidade aprovou o Programa para a Promoção da Qualidade (PROQUAL) que define a política da qualidade como um processo contínuo de momentos de avaliação da instituição, das diferentes unidades, cursos e funcionários, com vista a detetar as áreas que necessitam intervenção e a assegurar a melhoria contínua. A sua ação deve envolver todas as vertentes da missão da Universidade, que engloba o ensino, a investigação e a prestação de serviços à comunidade e todas as atividades de divulgação cultural e científica, de apoio aos alunos e de ação social e administração.