Economia

Mestrado

Apresentação

O curso de Mestrado em Economia visa essencialmente fornecer um conjunto de conhecimentos da área da Economia que permitam completar a formação do primeiro ciclo, potenciando assim as perspetivas de empregabilidade e da sua carreira futura. O curso encontra-se estruturado numa vertente mais focada na Análise Económica. Visa conferir competências gerais de Economia, incentivando mais diretamente a atividade de investigação e a progressão para o terceiro ciclo através de uma forte articulação com o plano de estudos do Doutoramento em Economia. De igual modo prevê também a conclusão do grau por relatório de estágio ou de projeto para os discentes que queiram realizar trabalho mais aplicado (existe um regulamento próprio do mestrado para essa prática). Assim o Mestrado em Economia, permite conciliar teoria e prática numa vertente de excelência e potenciando a empregabilidade dos mestrandos quer em atividades mais aplicadas do dia-a-dia, quer veiculando formação que permita prosseguir estudos avançados de investigação na área de economia. O CEFAGE, centro do qual grande parte dos docentes fazem partes é também um forte alicerce de investigação e de garante de qualidade do ensino dos docentes/investigadores.
Unidade Orgânica: Escola de Ciências Sociais
Duração: 4 Semestres/120 ECTS (30 obrigatórios e 30 optativos em UCS)
Língua: Português
Regime: Diurno

Saídas Profissionais

Os graduados do Mestrado em Economia estarão aptos a desempenhar funções avançadas em organizações internacionais, nacionais e regionais, em empresas, e também a prosseguir carreira de investigação nas suas áreas de especialização. Nomeadamente, em Autoridades Nacionais (AdC-Autoridade da Concorrência, ANACOM), na banca comercial e de investimento e nos bancos centrais (BdP, BCE), e outras entidades regionais (Comissões de Coordenação, órgãos regionais do Governo Central) ou locais (Câmaras Municipais), para além de empresas, de acordo com a sua especialidade. Os graduados terão também competências para realizar funções técnico-específicas da área de economia, nomeadamente avaliação de impacte de políticas públicas, analises econométricas, modelos de simulação de equilíbrio geral, e/ou funções aplicadas em empresas, ligadas às regiões, à Europa ou de internacionalização ou, de igual modo, na banca ou sector financeiro, do ponto de vista do utilizador, do empregador e do regulador.    

Condições Específicas de Acesso

Poderão candidatar-se ao Mestrado em Economia os titulares do grau de Licenciado em Economia ou outra área científica compatível ou adequadas. Podem ainda ser admitidos candidatos que não tenham a formação de base em economia, reservando-se, nestes casos, à Comissão Executiva e de Acompanhamento do Mestrado a possibilidade de decidir a obrigatoriedade de frequência de uma unidade curricular de base - Fundamentos de Economia, de modo a nivelar os conhecimentos de base para todos os alunos.

Vias de Acesso e Candidaturas

Estudantes de Países da UE
Vagas Iniciais: 15
Estudantes Internacionais
Vagas Iniciais: 10

Propinas

Valor Anual das Propinas

Estudantes de Países da UE
1050.00 €
Estudantes Internacionais
2500.00 €
Estudantes Internacionais com Bolsa de Mérito
1050.00 €
Estudantes Internacionais com Bolsa de Cooperação e Desenvolvimento
1250.00 €

Comissão de Curso

Queres uma experiência académica noutra instituição de ensino superior nacional ou internacional?

Conhece os programas, as instituições parceiras onde podes fazer um período de mobilidade.

Horários

Informação não disponível.

Documentos

Contactos

Diretor: João Manuel Rodrigues Pereira [jpereira@uevora.pt]

Gestor Académico: Ana Cristina Alves Dias
Serviços Académicos (atendimento on-line): SAC.ONLINE