UÉ no Consórcio de Ensino Superior com projeto para fortalecer competências digitais em jovens e adultos

O ‘Digital Sul + Ilhas’ é um consórcio composto por seis instituições portuguesas de Ensino Superior: Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCT, NOVA FCSH e NOVA IMS); Universidade de Évora, Universidade do Algarve, Universidade da Madeira, Universidade dos Açores e Egas Moniz. As formações gratuitas em áreas digitais são apoiadas pelo Plano de Recuperação e Resiliência, com a estimativa de abranger 2400 jovens e adultos, num mercado de trabalha cada vez mais digital.

 

O consórcio “Digital Sul + Ilhas”, composto por seis Instituições de Ensino Superior (IES) — Universidade Nova de Lisboa ( através da NOVA FCT, NOVA FCSH e NOVA IMS), Universidade de Évora, Universidade do Algarve, Universidade da Madeira, Universidade dos Açores e Egas Moniz — anuncia uma iniciativa pioneira para fortalecer a formação em áreas digitais para jovens e adultos pertencentes às áreas não CTEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática), apoiada em 2 393 855,28€ através do Plano de Recuperação e Resiliência ( PRR) - submedida "Reforço das Competências Digitais". As formações são gratuitas e começam no início de setembro.

O principal objetivo do consórcio é oferecer uma formação abrangente em Audiovisuais e Produção dos Media, Informática, Ciências Informáticas, Eletrónica e Automação. A iniciativa pretende formar 2400 jovens e adultos, alinhando-se com os objetivos do "Investimento Impulso Mais Digital". A ampla oferta do consórcio visa preparar os participantes para um mercado de trabalho cada vez mais dependente de ferramentas digitais e TIC.

O projeto do consórcio apresenta uma oferta de Unidades Curriculares autónomas, organizadas em módulos de formação que seguem a lógica de microcredenciação, de acordo com o referencial de boa prática do InCode 2030 e que podem ser oferecidas em formato híbrido ou à distância. Estes módulos abrangem diversas áreas, como Literacia Digital, Pensamento Computacional, Programação, Digital Media, Comunicação e Design Multimédia, Cibersegurança e Privacidade, Ciência dos Dados e Análise, Inteligência Artificial e Fabricação Digital.

Além dos módulos, o consórcio oferece uma pós-graduação de 30 ECTS, com uma formação base obrigatória em Literacia da Informação Digital, Criação de Conteúdos Digitais e Comunicação Digital e Cidadania. Os alunos também podem optar por Unidades Curriculares em Segurança e Privacidade e Soluções de Base Tecnológica. Esta pós-graduação visa capacitar profissionais não CTEAM para atuarem com confiança na docência das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

Este projeto apoia também os pilares de transição ecológica e digital do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), e promove a igualdade de género, de oportunidades e não discriminação. Ao capacitar jovens e adultos em competências digitais, o consórcio contribui para uma sociedade mais inclusiva e preparada para os desafios do futuro digital.

Publicado em 11.06.2024