Retenção de metais poluentes por minerais secundários em minas abandonadas: o exemplo da Mina de S. Domingos

Cofinanciado por:
Designação do projeto | Retenção de metais poluentes por minerais secundários em minas abandonadas: o exemplo da Mina de S. Domingos
Código do projecto | POCI/CTE-GEX/59819/2004
Objetivo principal |

Região de intervenção |

Entidade beneficiária |
  • Universidade de Évora(líder)
  • Associação Centro Ciência Viva de Estremoz(parceiro)
  • INETI - Instituto Nacional de Engenharia,Tecnologia,Inovaçao(parceiro)
  • Instituto de Investigação Cientifíca e Tropical(parceiro)

Data de aprovação | 21-01-2005
Data de inicio | 01-07-2005
Data de conclusão | 30-06-2008

Custo total elegível |
Apoio financeiro da União Europeia |
Apoio financeiro público nacional/regional |

Resumo

As escombreiras de minas abandonadas são um foco de poluição porque carream tóxicos. Na Faixa Piritosa Ibérica (FPI), o problema assume especial relevância, pois os minérios explorados, essencialmente sulfuretos, são particularmente instáveis nas condições da superfície terrestre. Iniciando-se rapidamente uma sequência de reacções que conduzem à produção de fluidos extremamente ácidos (águas ácidas) e à libertação de elementos poluentes, e.g. Cu, Pb, Sb, Bi, As, Hg, Cd, Se.
A dinâmica química desses elementos é controlada por minerais secundários que retêm elementos poluentes. São sobretudo hidróxidos e sulfatos hidratados, formados nos processos de alteração ou precipitados posteriormente, a partir dos fluidos ácidos.
Estes minerais secundários são o objecto de estudo no presente projecto, com os seguintes objectivos fundamentais:
1.Identificar os minerais retentores dos principais metais poluentes acima mencionados.
2.Interpretar os mecanismos de retenção de elementos poluentes.