Desenvolvimento de uma mistura alimentar inovadora para acabamento de machos de raças de suínos autóctones, ao ar livre, com benefício para a qualidade da carne e para a sustentabilidade do sistema

Cofinanciado por:
Acrónimo | ECO-PIG
Designação do projeto | Desenvolvimento de uma mistura alimentar inovadora para acabamento de machos de raças de suínos autóctones, ao ar livre, com benefício para a qualidade da carne e para a sustentabilidade do sistema
Código do projecto | POCI-01-0247-FEDER-072226
Objetivo principal | Reforçar a Investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Portugal

Entidade beneficiária |
  • DIN – Desenvolvimento e Inovação, S.A.(líder)
  • Universidade de Évora(parceiro)

Data de aprovação | 26-11-2020
Data de inicio | 31-12-2020
Data de conclusão | 30-06-2023

Custo total elegível | 1099356.76 €
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER - 760610.06 €
Apoio financeiro público nacional/regional | COMPETE

Resumo

A experiência adquirida nos projetos PIGS+CARE e TREASURE levou ao reconhecimento da oportunidade de estudar o acabamento de machos inteiros das duas principais raças suínas autóctones portuguesas, Alentejana (AL) e Bísara (BI), propondo um maneio alimentar inovador que fizesse uso de nutrientes com potencial para reduzir o sabor e o odor a macho. Pretende-se o desenvolvimento de um novo modelo de acabamento com alimento composto completo de baixo custo, que pode contribuir para a sustentabilidade e preservação dos recursos genéticos suínos locais conferindo-lhes novos produtos e flexibilidade no que respeita às alternativas para obtenção do produto acabado. Sendo a alimentação, o fator de produção com custo mais elevado nos sistemas de produção de suínos, este é determinante para a rentabilidade e a sobrevivência da exploração. Assim, propõe-se juntamente com a indústria de produção de alimentos compostos e de aditivos, uma solução inovadora para a produção de uma mistura alimentar comercial, que possa suprir as necessidades de animais em acabamento sempre que exista escassez de alimentação nobre oriunda do montado ou do ambiente silvo-pastoril. Pretende-se assim criar uma mistura que valorize a utilização de subprodutos da agroindústria, que pela sua constituição rica em fibra alimentar e outros componentes do material vegetal possa conferir à carne propriedades aproximadas às que se conseguem com suínos acabados em pastoreio. Esta proposta alimentar, a ser testada no habitat natural do suíno AL e BI, visa também disponibilizar uma solução que promova a economia circular, criando sinergias entre a indústria agroalimentar e a produção agropecuária, com novos fluxos de produtos e valorização de subprodutos que podem contribuir para novas dinâmicas de valorização económica do território, no interior do País.


Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Pretende-se criar uma mistura que valorize a utilização de subprodutos da agroindústria, que possa conferir à carne propriedades aproximadas às que se conseguem com suínos Alentejanos e Bísaros acabados em pastoreio. Esta proposta alimentar visa também disponibilizar uma solução que promova a economia circular, com novos fluxos de produtos e valorização de subprodutos que podem contribuir para novas dinâmicas de valorização económica do território, no interior do País.

Actividades:

1          Especificações Técnicas.
1.1       Definição da origem e das propriedades bioquímicas das novas matérias primas.
1.2       Definição dos efeitos pretendidos (desempenho zootécnico e sustentabilidade ambiental) com os novos ingredientes a utilizar nos suplementos e nas novas misturas alimentares.
1.3       Definição das especificações dos métodos de produção para os suplementos e novas misturas alimentares.
1.4       Definição e especificações do sistema de produção e da genética animal em que se enquadra o uso das novas misturas alimentares
2          Desenvolvimento.
2.1       Formulação das novas misturas alimentares.
2.2       Ensaios de alimentação e desempenho.
2.3       Análise laboratorial de amostras biológicas dos ensaios realizados.
2.4       Seleção, constituição e treino do painel de avaliação sensorial.
3          Construção de Protótipos e Pré-Séries.
3.1       Scale-up da produção dos novos suplementos.
3.2       Scale-up da produção das misturas alimentares.
4          Testes e Ensaios.
4.1       Avaliação e controlo da qualidade dos novos suplementos, das novas misturas alimentares.
4.2       Análise de ciclo de vida para o produto obtido.
4.3       Caracterização sensorial da carne e gordura obtidas dos animais experimentais.
5          Disseminação, comunicação e exploração de resultados.

 

 

We aim to create a mixture that enhances the use of agro-industrial by-products, which can give the meat properties similar to those obtained in swine finished in grazing. This feed proposal also aims to provide a solution that promotes the circular economy, promoting new product flows and valorisation of by-products that can contribute for new dynamics of economic valuation of the territory, in the up-country.

Activities:

1 Technical Specifications.
1.1 Definition of the origin and biochemical properties of new raw materials.
1.2 Definition of the intended effects (animal performance and environmental sustainability) with the new ingredients to be used in supplements and in new feed mixtures.
1.3 Definition of specifications of production methods for supplements and new feed mixtures.
1.4 Definition and specifications of the production system and animal genetics in which the use of new feed mixtures is intended
2 Development.
2.1 Formulation of new feed mixtures.
2.2 Animal feeding and performance trials.
2.3 Laboratory analysis of biological samples obtained in the trials.
2.4 Selection, constitution and training of the sensory evaluation panel.
3 Construction of Prototypes and Pre-Series.
3.1 Scale-up of the production of new supplements and feed mixtures.
4 Tests and Trials.
4.1 Evaluation and quality control of new supplements, new feed mixtures.
4.2 Life cycle analysis for the product obtained.
4.3 Sensory characterization of meat and fat obtained from experimental animals.
5 Dissemination, communication and exploitation of results.