Ageing Safely in Alentejo – Understanding for Action (ESACA)

Cofinanciado por:
Acrónimo | ESACA
Designação do projeto | Envelhecer com Segurança no Alentejo - Compreender para Agir
Código do projecto | ALT20-03-0145-FEDER-000007
Objetivo principal |

Região de intervenção |

Entidade beneficiária |

Data de aprovação | 18-03-2016
Data de inicio | 01-07-2016
Data de conclusão | 30-06-2019
Data de prorrogação | 31-03-2021

Custo total elegível |
Apoio financeiro da União Europeia |
Apoio financeiro público nacional/regional |

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Objetivos

- Promover o Envelhecimento com Segurança dos idosos no Alentejo;


- Compreender e prevenir as quedas e lesões em idosos institucionalizados e não institucionalizados;


- Compreender e prevenir as situações de violência nas representações e práticas dos diferentes atores institucionais da violência sobre os idosos;  



- Diminuir os custos individuais, sociais e económicos inerentes às quedas e à violência sobre idosos.


Atividades

Algumas das diferentes atividades ocorrem em simultâneo.

Atividade  1

Duração – 6 meses

Estudo 1 - Validação dos instrumentos de diagnóstico do risco de queda já criados em idosos não institucionalizados, através do software para diagnóstico do risco e perfil individual de intervenção nas quedas.

Estudo 2 – Aplicação dos instrumentos de diagnóstico do risco de lesão por queda em idosos institucionalizados para determinar o perfil individual de risco e os fatores contextuais/institucionais/ambientais envolvidos na queda e lesão.

Estudo 3 – Aplicação dos instrumentos de caraterização e diagnóstico da violência sobre idosos institucionalizados e não institucionalizados.

 Atividade 2

Duração: 12 meses

 

Estudo 1 - Aperfeiçoamento do Modelo Dinâmico de Intervenção para Prevenção de Quedas em Idosos não Institucionalizados (MDIPQnI) - da sua capacidade discriminativa e do software construído.

Estudo 2 – Identificação dos determinantes e dos perfis individuais e contextuais de risco de lesão por queda nos idosos institucionalizados.

 Estudo 3 - Identificação dos determinantes e dos perfis individuais e contextuais de risco de violência nos idosos.

 Atividade 3

Duração: 15 meses

Comum aos 3 estudos -  Criação do laboratório de intervenção em Gerontopsicomotricidade, aberto à comunidade, para promover e executar programas de prevenção das quedas e lesões e de apoio na violência (exercício físico, educacionais, de relaxação, multimodais, psicológicos e outros).

 Atividade 4 

Duração: 6 meses

Estudo 1 e 2 - Realização e disponibilização de 2 Massive Online Open Courses (MOOCs) e Manual de Boas Práticas – prevenção de quedas e lesões (idosos institucionalizados e não institucionalizados).

Estudo 1 - Esta ação consiste em testar e validar o sistema dinâmico de intervenção/prevenção criado, em implementar o sistema na população idosa do Alentejo e em fazer o seu seguimento longitudinal (ensaio piloto).

Estudo 1 e 2 – Mediante reunião com os consultores e os resultados da investigação, elaboração dos Manuais de boas práticas sobre a prevenção de quedas e a prevenção da violência sobre idosos e Programa de Prevenção das Quedas e Lesões associadas em idosos institucionalizados e não institucionalizados no Alentejo.

Estudo 1 e 2 –   Divulgação na comunidade e nas instituições do Manual de Boas Práticas – prevenção de quedas e lesões, e recomendações sobre os fatores ambientais que interferem no risco de quedas. 

Estudo 3 - Realização e disponibilização de 1 MOOC e Manual de Boas Práticas - prevenção da violência sobre idosos (institucionalizados e não institucionalizados) no Alentejo.

 Atividade 5

Duração: 12 meses

Estudo 1 – Testar, validar e implementar o MDIPQnI na população idosa do Alentejo e fazer o seu seguimento longitudinal (aferir eficácia do modelo) com o recurso de instrumentos multimédia para a sua operacionalização.

Estudo 2 – Testar e validar os instrumentos de diagnóstico do risco de lesão por queda em idosos institucionalizados através do software criado para diagnóstico do risco e perfil individual de intervenção nas quedas.

Estudo 3 – Testar e validar os instrumentos de caraterização e diagnóstico da violência sobre idosos institucionalizados e não institucionalizados através do software criado para a caraterização e diagnóstico da violência sobre idosos.

 

Atividade 6

Duração: 12 meses

Estudo 2 – Construção do Modelo de Segurança para Prevenção de Queda ou Lesão em Idosos Institucionalizados e/ou Internados (MSPQLII), a ser posteriormente validado em diferentes populações.

Estudo 3 - Construção do Modelo Integrado de Prevenção da Violência sobre Idosos (MIPVI), a ser posteriormente validado.  

 

Atividade 7

Duração: 6 meses

Comum aos 3 estudos - Construção de uma base de evidência científica sobre Envelhecer com Segurança no Alentejo (quedas e violência) a partir dos resultados dos 3 estudos, alojada na Universidade de Évora

Atividade 8

Duração: 3 meses

Estudo 1 - Registar a patente do MDIPQnI.

Estudo 2 – Realizar Programa Regional de Prevenção de Queda ou Lesão em Idosos Institucionalizados e/ou Internados (MSPQLII) no Alentejo.  

Estudo 3 – Realizar Programa Regional de Prevenção de Violência sobre os Idosos no Alentejo.  

Atividade 9

 Duração: 2 meses

Comum aos 3 estudos – Elaborar  Relatório Final da investigação.