Grupos intermédios em Portugal e no Império Português: as familiaturas do Santo Ofício (c. 1570-1773)

Cofinanciado por:
Designação do projeto | Grupos intermédios em Portugal e no Império Português: as familiaturas do Santo Ofício (c. 1570-1773)
Código do projecto | PTDC/HIS-HIS/118227/2010
Objetivo principal |

Região de intervenção |

Entidade beneficiária |
  • Universidade de Évora(líder)
  • Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas(parceiro)

Data de aprovação | 09-09-2011
Data de inicio | 16-04-2012
Data de conclusão | 15-10-2015

Custo total elegível |
Apoio financeiro da União Europeia |
Apoio financeiro público nacional/regional |

Resumo

 

Este projecto procura analisar de que modos os grupos intermédios lutavam por obter a familiatura do Santo Ofício, como capitalizam tal distinção em diferentes instâncias e contextos e que perfis sociais assumiam tais grupos.

Tem 5 objectivos nucleares:

1. Aumentar o conhecimento sobre os grupos intermédios no Antigo Regime português; contribuir para deslocar para camadas mais baixas o inquérito da História Social, que nos últimos decénios tem sido dominado pelas problemática da Nobreza e das elites, tanto em Portugal como no resto da Europa;

2. Aprofundar o estudo de uma das instituições marcantes nas sociedades ibéricas e itálicas - o Santo Ofício – na qual participavam todos os estratos sociais. Não se pretende estudar a Inquisição em si, mas como as camadas intermédias, integrando-se no seu seio, a usaram.

3. Tentar responder à questão de como se obtinha em Portugal o direito a solicitar uma familiatura, em diferentes etapas cronológicas. Por ligação próxima ao Inquisidor-geral? Por venalidade, como muitas vezes acontecia nas outras unidades políticas da Península Ibérica? Por iniciativa da própria instituição?

4. Conhecer o perfil social e a actuação dos familiares do Santo Ofício, comparando umas zonas do país e do Império com outras e inclusivamente com Espanha e respectivo Império ultramarino;

5. Aprofundar o conhecimento histórico e técnico-metodológico na área da prosopografia; análise de redes; cartografia de dados geo-referenciados.