2023

Processo de Avaliação diagnóstica de feridas

Nome: Processo de Avaliação diagnóstica de feridas
Cód.: ENF9979O
5 ECTS
Duração: 15 semanas/130 horas
Área Científica: Enfermagem

Língua(s) de lecionação: Português
Língua(s) de apoio tutorial: Português

Apresentação

A metodologia utilizada, permite que sejam atingidos os objetivos e as competências da Unidade Curricular,, dando também resposta aos ODS.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Objetivos de Aprendizagem

1.      Compreender o processo de avaliação e diagnóstico no tratamento e prevenção de feridas;


2.     Compreender a fisiopatologia da infecção (sinais clínicos);


3.     Distinguir colonização / infecção local / infecção sistémica;


4.     Compreender os princípios básicos do tratamento e da prevenção da infecção de feridas em contexto clínico;


5 . Compreender a importância do estado nutricional no desenvolvimento do processo de cicatrização.    

Conteúdos Programáticos

1.     Processo de avaliação e diagnóstico na pessoa com feridas;


2.     Princípios básicos de microbiologia clínica e métodos de diagnóstico microbiológico de infecção;


3.     Métodos de destruição de microrganismos e o papel dos antimicrobianos;


4.     Técnica asséptica e técnica higiénica: que critérios?


5.     Infecção de feridas agudas: diagnóstico, tratamento e prevenção de infecção;


6.     Infecção de feridas crónicas: diagnóstico, tratamento e prevenção de infecção;


7.     Prevenção da transmissão cruzada de infecção;


8.     Discussão de casos clínicos.


9.     Importância da nutrição no tratamento de feridas: papel dos diferentes nutrientes na cicatrização;


10.  2.  A desnutrição hospitalar;


11.  3.  Métodos de avaliação do estado nutricional;


12.  4.  Princípios gerais param a manutenção de um bom estado nutricional.



13.  Mobilidade e feridas.

Métodos de Ensino

Privilegiar-se-ão as metodologias promotoras da aprendizagem, centradas no desenvolvimento de competências específicas. Serão propostas estratégias interactivas conducentes à participação e reflexão.    

Bibliografia

·     Seeley RR, Stephens TD & Tate P. Anatomia e Fisiologia. ed. Lusociência, 2004;


·     Guyton AC &Hall JE. Tratado de fisiologia médica. Décima edição. Ed. Guanabara &Koogan, 2002;


·     Davies  A,  Blakeley AGH,  Kidd C & Mc Geown JG. Fisiologia Humana. ed.  Porto Alegre: Artmed, 2002;


·     Lodish  H., Arnold B, Matsudaira P, Kaiser CA, Krieger M, & Scott MP. Biologia celular e molecular. Quinta edição. Ed. Artmed.2005;


·     Cooper GM & Hausman RE. The cell a molecular approach. ed. ASM Press Sinauer Associates. 2005;


·     Wall PD & Helzack R. Textbook of Pain. Fourth Edition. ed. Churchill Livigstone, 2003;


·     Loeser JD et al. Bonica´s Management of Pain, Third edition. ed. Lippincott William&Wilkins, 2001;


     .   Goleman D. Inteligência social, a nova ciência do relacionamento humano, ed. Temas e Debates, 2006;