2024

Elementos de Sociologia do Desporto

Nome: Elementos de Sociologia do Desporto
Cód.: SOC10648L
3 ECTS
Duração: 15 semanas/78 horas
Área Científica: Sociologia

Língua(s) de lecionação: Português
Língua(s) de apoio tutorial: Português
Regime de Frequência: Presencial

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Objetivos de Aprendizagem

No final da unidade curricular os alunos devem revelar as seguintes competências:


1. Pesquisar, selecionar e analisar informação relevante para o estudo sociológico dos fenómenos do «campo» desportivo;


2. Analisar criticamente e sintetizar, com perspectivas sociológicas, as práticas e as dinâmicas do sistema e subsistemas do «campo» desportivo;


3. Problematizar formas de estudar sociologicamente o sistema e os subsistemas (varáveis e seus actores) do «campo» do desporto na sua interacção com outros (sub)sistemas sociais.


 


Os objectivos da unidade curricular são os seguintes:


1. Relacionar a evolução do desporto com as condições económicas, políticas, sociais e culturais das sociedades industriais;


2. Conhecer diferentes teorias sociológicas sobre o desporto;


3. Problematizar a importância dos principais agentes de socialização para a formação de uma “cultura desportiva”;


4. Caracterizar as funções sociais do desporto.


5. Relacionar o surgimento e o desenvolvimento de novas formas de práticas físico-desportivas com os estilos de vida contemporâneos e os novos paradigmas de desenvolvimento humano sustentável.  


6. Problematizar o desporto como um campo de manifestações de desigualdades sociais.


7. Compreender o desporto como palco de manifestações, políticas, económicas, culturais e tecnológicas de sociedades mundializadas/globalizadas.  


8. Fundamentar as oportunidades e as ameaças ao cumprimento dos códigos de ética e fair-play nos desportos contemporâneos;


9. Problematizar a relação entre o desporto e a violência.

Conteúdos Programáticos

Os conteúdos a abordar numa perspectiva teórico-prática são:


 


Tema 1. - Perspectiva sociológica do desporto.


A sociologia: origens, objecto de estudo, métodos e técnicas.


Conceito(s) de desporto.


Surgimento e evolução do desporto moderno.


Pluralismo do pensamento sociológico no desporto: a Sociologia do Desporto como ciência autónoma.


 


Tema 2. – Desporto, socialização e Cultura


Socialização e cultura desportiva.


O desporto escolar e os valores da cultura desportiva.


Funções sociais do desporto.


 


Tema 3. - Desporto, tempo livre e estilos de vida.


Desporto no meio natural.


Prática desportiva e consciência ecológica.


Desporto, tempo livre e estilos de vida nas das sociedades pós-modernas.


 


Tema 4. Desporto e Desigualdade: questões de género, idade e estratificação social


Género e desporto.


Idade e desporto.


Estratificação social e desporto.


 


Tema 5 - Desporto e globalização:


O espectáculo desportivo;


Jogos olímpicos, universalidade e nacionalismos;


Economia, política e desporto;


O desporto e os mass media;


As tecnologias da informação e da comunicação (TIC) e o desporto;


 


Tema 6 – Violência, Ética e Fair-Play no Desporto:


Ética e fair-play no desporto;


O doping e a “verdade desportiva”;   


A violência associada ao desporto.

Métodos de Ensino

As sessões colectivas serão teórico-práticas. Prevê-se o recurso à realização de exercícios de análise e debate de textos e/ou a dinamização de parte das sessões pelos alunos, a partir de textos previamente sugeridos e ou pesquisados pelos(as) estudantes.


Os alunos desenvolverão também estudo independente, individual e em grupo. Usar-se-á a plataforma moodle para facilitar a partilha de recursos didácticos e a comunicação a distância.

Avaliação

A avaliação decorre de acordo com um dos seguintes dois regimes:


A) Avaliação Contínua: duas provas escritas (40% +40%) + um trabalho de grupo (20%) apresentado oralmente em sessão colectiva, cuja natureza e temática são objecto de acordo entre os(as) alunos(as) e o docente.


B) Avaliação Mista: exame (80%) + trabalho de grupo com apresentação oral em sessão colectiva (20%).


 


Notas:


i) Na modalidade de Avaliação Contínua a média das provas escritas tem que ser igual ou superior a 9 valores. Na modalidade de Avaliação Final por Exame, este deve ter, como nota mínima, 9,5 valores.


ii) A avaliação final é aferida pelas apreciações sobre o perfil sócio-afectivo do estudante (incidindo quer nas horas de contacto com o docente quer nas horas de trabalho independente) + Presença e participação nas aulas (intervenções efectuadas e empenhamento nos trabalhos), podendo manter, subir ou baixar a média da classificação num intervalo de -1 a +1 valores.


iii) Os critérios de avaliação dos TG são os seguintes: 


Conteúdos (70%): Pertinência dos conteúdos; Adequação e clareza de conceitos e teorias; Diversificação das fontes; Estrutura (20%): Organização/sequência lógica, coerente e completa dos conteúdos; Cumprimento dos requisitos de um trabalho científico deste género; Forma (10%): Cumprimento das regras de citação bibliográfica; Erros ortográficos e de sintaxe; Ilustração com tabelas, gráficos e quadros adequados, cumprindo as regras de concepção.


iv) Os trabalhadores-estudantes não ficam isentos da realização de trabalho escrito.


 


Para poderem ser avaliados(as), os(as) alunos(as) devem garantir um mínimo de 75% de presenças nas sessões colectivas

Bibliografia

Bourdieu, Pierre (1987). “Programme pour une sociologie du sport” in Choses Dites. Paris: Éditions Minuit.


COAKLEY, Jay (2009). Sports in Society: Issues and Controversies. 10th edition. Boston: McGraw Hill


DEVIS, José Devis (Coord.), (2001). La Educación Física - El deporte y da salud en el siglo XXI. Madrid: Marfil


Defrance, Jacques (1995). Sociologie du sport. Paris: La Decouverte


Elias, Norbert (1992). A Busca da excitação. Lisboa: Difel.


FERRANDO, Manuel García e outros (2002). Sociología del Deporte. Madrid: Alianza Editorial.


NIXON, Howard L. e Frey, James H. (1996). A Sociology of Sport. Virginia:  Wadsworth Pub. Co.


MARIVOET, Salomé, (1998). Aspectos sociológicos do desporto. Lisboa: Livros Horizonte.


MURPHY, P. et al, (1994). O Futebol no Banco dos Réus. Oeiras: Celta Editora


VIEIRA, José Eduardo Fanha, (2003). A Violência Associada ao Desporto: as opções legislativas no contexto histórico e sociológico. Lisboa: Instituto de Desporto de Portugal.


 


Nota: através do espaço da u.c. na Plataforma Moodle, serão disponibilizados vários textos de apoio para suporte à realização dos trabalhos e aprofundamento de conhecimentos.

Equipa Docente (2023/2024 )