2024

Filosofia do Desporto

Nome: Filosofia do Desporto
Cód.: FIL10683L
3 ECTS
Duração: 15 semanas/78 horas
Área Científica: Filosofia

Língua(s) de lecionação: Português
Língua(s) de apoio tutorial: Português

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Objetivos de Aprendizagem

Dotar os alunos da Licenciatura em Ciências do Desporto, dos conhecimentos básicos da
área de Filosofia do Desporto, cumprindo dois objectivos principais.
1 – Compreender a importância que o fenómeno desportivo desempenha na idade
contemporânea;
2 – Compreender a actividade desportiva, na sua complexidade e riqueza, bem como o seu
poder interpelador e polémico, com repercussões nas várias áreas tradicionais da filosofia,
como o sejam a Ética, a Estética, a Filosofia Política e até a Antropologia Filosofia.
Competências a desenvolver
No final da Unidade Curricular os alunos devem:
1 – Reflectir criticamente sobre o fenómeno desportivo contemporâneo, nas suas diferentes
dimensões;
2 – Elaborar um discurso escrito, rigoroso e fundamentado, sobre os problemas éticos,
estéticos e antropológicos suscitados pela prática desportiva e pelo desporto como
espectáculo.

Conteúdos Programáticos

1. Introdução.
2. Desporto, jogo e competição.
3. Corpo, actividade física e o desporto na tradição ocidental.
4. O desporto moderno e o olimpismo de Pierre Coubertin.
5. Desporto, humanidade e educação.
6. Problemas do desporto contemporâneo.

Métodos de Ensino

1. Aulas de carácter expositivo
2. Análise e interpretação de textos fundamentais
3. Debate.
Regimes de avaliação:
Periódica: a)1ª Prova de Frequência (50%); b)2ª Prova de Frequência/Monografia de
investigação com defesa oral (50%).
Exame.

Bibliografia

AAVV (1997). Congrès du Havre, Comité Internatiopnal Pierre Coubertin,
http://www.coubertin.ch/cipc001.htm.
HUIZINGA, Johan (2003), Homo Ludens.Um estudo sobre o elemento lúdico da cultura,
Lisboa, edições 70.
LIMA, João Tiago Pedroso de (2007). O Fogo do Espírito. Desporto, Olimpismo e Ética,
Lisboa, Comité Olímpico de Portugal.
LIMA, João Tiago (2012), “The Competitive Perception” Sport, Ethics and Philosophy
Volume 6, Issue 1, pp. 61-66.
LIMA, Sílvio (2002). Obras Completas, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian.
QUEVAL, Isabelle (2004). S'accomplir ou se dépasser. Essai sur le sport contemporain,
Paris, Gallimard.