2024

Actividades de Exploração da Natureza I

Nome: Actividades de Exploração da Natureza I
Cód.: DES10666L
3 ECTS
Duração: 15 semanas/78 horas
Área Científica: Motricidade Humana

Língua(s) de lecionação: Português
Língua(s) de apoio tutorial: Português
Regime de Frequência: Presencial

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Objetivos de Aprendizagem

Introdução ao conhecimento sobre actividades de Recreação e Lazer Desportivo, proporcionando uma primeira abordagem genérica ao tema e abrindo horizontes para o futuro aprofundar das diversas matérias, a levar a cabo em semestres posteriores, em outros cursos do Minor em Actividades de Exploração da Natureza.
A abordagem às questões será efectuada com base na transmissão de conceitos fundamentais e aplicação prática dos conhecimentos.

Conteúdos Programáticos

1.1 - Técnicas de animação e dinâmica de grupos
1.2 - Orientação e Cartografia
1.3 - Montanhismo e Escalada
1.4 - Canoagem e Vela
1.5 - BTT

Métodos de Ensino

Trabalho presencial: As competências práticas serão adquiridas presencialmente nos locais onde as diferentes actividades serão desenvolvidas, em virtude da especificidade de cada uma.
A avaliação passará: a) pela realização de um exame teórico; b) pelos trabalhos práticos individuais e de grupo

Avaliação



A avaliação dos alunos à UC é contínua e está condicionada ao cumprimento de 75% de presenças efetivas nas aulas práticas lecionadas.


No caso dos alunos com estatuto de “Trabalhador-Estudante” não é exigido o cumprimento de 75% de presenças efetivas, contudo é obrigatória e indispensável a presença nos momentos de avaliação. Verificam-se as mesmas condições de avaliação para os alunos com estatuto de “Atleta da Federação Académica de Desporto Universitário”, contudo não se encontram dispensados do cumprimento de 75% de presenças efetivas nas aulas práticas, podendo justificar faltas apenas nos momentos destinados à representação da UÉ nas competições da “Federação Académica de Desporto Universitário”.


 




Para que o aluno obtenha aprovação no processo de avaliação contínua deverá cumprir os seguintes requisitos:


‣  Obter classificação final igual ou superior a 9,5 valores nas tarefas de avaliação propostas;


‣  Realizar todas as tarefas de avaliação propostas;


‣  Obter uma classificação parcial igual ou superior a 8 valores em cada uma das tarefas de avaliação propostas, sejam de carácter teórico sejam de carácter prático;


São propostas as seguintes tarefas para o processo de avaliação contínua:



  1. Avaliação Prática em Dinâmicas de Grupo (Coletiva) - (10%)

  2. Avaliação Prática em Orientação (prova individual) - (15%)

  3. Avaliação Prática em Montanhismo (montagens + monitorização) - (20%)

  4. Avaliação Prática em Vela (montagem + navegação) - (15%)

  5. Avaliação Teórica (frequência) - (40%)




O acesso à avaliação final, quer em época normal quer em época de recurso, é condicionado pela obtenção de classificação parcial superior a 8 valores nas componentes práticas obrigatórias, referenciadas nos pontos 1, 2, 3 e 4 das tarefas de Avaliação Contínua.


O processo de avaliação final de época normal compreende uma tarefa de avaliação:


1. Exame Teórico Escrito


Para obter aprovação à unidade curricular o aluno terá de alcançar nota igual ou superior a 9,5 valores nesta tarefa de avaliação. A classificação final será ponderada de acordo com as seguintes percentagens Exame (40%) + Avaliação das Componentes Práticas Obrigatórias (60%)


O processo de avaliação final de época de recurso compreende uma tarefa de avaliação:


1. Exame Teórico Escrito


Para obter aprovação à unidade curricular o aluno terá de alcançar nota igual ou superior a 9,5 valores nesta tarefa de avaliação. A classificação final será ponderada de acordo com as seguintes percentagens Exame (40%) + Avaliação das Componentes Práticas Obrigatórias (60%)


 

Bibliografia

Mendonça, C. (1987). Orientação ? Desporto na natureza. Divisão de documentação e informação da DGD.
Ayora, D. e Garcia, E. (2004). Organización de eventos deportivos. Publicaciones INDE.
Berger, K. (1998). Trucos para excursionistas. Manuales Desnível
Silva, A. (1987). Manual de iniciação à Vela. Divisão de documentação e informação da DGD.
Muñoz, J. (2001). Iniciación a la Escalada. Ediciones Desnível.
Nuñez, T (2001). Rápel. Ediciones Desnível.
Rohnke, K. (1996). Funn stuff ? Volume II. Kendall/Hunt Publishing Company.
McManners, H. (1996). Manual de ciclismo ? Uma verdadeira aventura! Editora Impala.
Virosta, A. (1994). Deportes Alternativos. Editorial Gymnos.

Equipa Docente (2023/2024 )