Obtenção de Títulos Académicos

Provas de Agregação | Provas para Obtenção de Título de Especialista | Grau de Doutor ao Abrigo de Regime Especial de Apresentação de Tese

A obtenção do título de especialista, do grau de doutor ao abrigo do regime especial e do grau de agregado não está condicionada à frequência de um curso. Aqui são explicadas as condições exigidas para submeter candidatura a estes títulos académicos.

Para quem

O regime especial de apresentação da Tese aplica-se a todos aqueles que reúnam as condições de acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor, em domínio para o qual a Universidade de Évora esteja acreditada, podendo requerer a apresentação de uma Tese ao ato público de defesa sem inscrição/frequência do ciclo de estudos e sem a orientação prevista no âmbito do ciclo de estudos conferente ao grau de doutor.

Como candidatar-se

A candidatura a doutoramento nestes moldes é apresentada nos Serviços Académicos em requerimento dirigido ao Reitor da Universidade de Évora, acompanhado da seguinte documentação:

  • Curriculum Vitae;
  • Comprovativo de habilitações, devidamente autenticado;
  • A Tese em formato pdf  (não podendo o ficheiro estar encriptado).

O requerimento é submetido ao Conselho Científico do Instituto de Investigação e Formação Avançada (IIFA) para apreciação do Curriculum Vitae do candidato e da adequação da Tese para obtenção do grau de doutor. No caso do pedido de apresentação da Tese em ato público ser aceite, o candidato tem 30 dias após a notificação para proceder ao registo da Tese de doutoramento, nos Serviços Académicos, através da entrega dos documentos referidos no Regulamento Académico  e mediante pagamento da respetiva propina, ou seja, o dobro do valor da propina anual estabelecida no Edital do doutoramento  e que requer o grau.

Após entrega, os documentos serão remetidos para o IIFA, devendo a tramitação das provas públicas decorrer de acordo com os procedimentos descritos para os outros doutoramentos da Universidade de Évora.

Calendário

A candidatura pode ser efetuada em qualquer momento.

Regulamentos e guias

Regulamento Académico  da Universidade de Évora
Decreto-Lei n.º 74/2006 , de 24 de março, com a última alteração introduzida e republicado pelo Decreto-Lei n.º 65/2018 , de 16 de agosto

Contactos

Clique aqui  para consultar o horário de atendimento e contactos dos Serviços Académicos.

Para quem

Pode requerer a realização de provas de agregação quem reúna, cumulativamente, as seguintes condições:

  • Ser titular do grau de doutor;
  • Ser detentor de um currículo profissional de elevado  mérito  que  demonstre,  especialmente,  atividade relevante de investigação, formação ou orientação avançadas e a autoria de trabalhos científicos de qualidade reconhecida  realizados  após  a  obtenção  do  grau  de doutor.

Pode  ainda  requerer  a  realização  de  provas  de agregação quem satisfaça, cumulativamente, as seguintes condições:

  • Ser professor associado ou auxiliar da carreira  docente  universitária  ou  investigador-coordenador, principal ou auxiliar da carreira de investigação científica portuguesas;
  • Ser detentor de um currículo profissional de elevado  mérito  que  demonstre,  especialmente,  atividade relevante de investigação, formação ou orientação avançadas e a autoria de trabalhos científicos de qualidade reconhecida.

Como candidatar-se

A candidatura deve ser formalizada através de requerimento por carta registada e remetida aos Serviços Académicos da Universidade de Évora ou através da plataforma GesDoc  no caso de Docentes da Universidade de Évora.

Os candidatos à atribuição do título de agregado devem apresentar a seguinte documentação em formato digital:

  • Minuta de Requerimento  de Admissão a Provas de Agregação;
  • Currículo;
  • Relatório  sobre  uma  unidade  curricular,  grupo  de  unidades  curriculares,  ou  ciclo  de  estudos,  no  âmbito  do ramo  do  conhecimento  ou  especialidade  em  que  são prestadas as provas;
  • Sumário pormenorizado de um seminário ou lição sobre um tema dentro do âmbito do ramo do conhecimento ou especialidade em que são prestadas as provas, e sua discussão;
  • Trabalhos mencionados no currículo, considerados pelo candidato como mais relevantes.

O título de Agregado só pode ser requerido nos ramos de conhecimento ou especialidade em que a Universidade de Évora pode conferir o grau de Doutor .

Os processos académicos referentes a provas de Agregação pautam-se pelos procedimentos constantes do manual de procedimentos anexo à Circular n.º 2/2009.

No caso dos candidatos não serem Docentes da Universidade de Évora são devidos os emolumentos de acordo a Tabela de Emolumentos  em vigor.

Calendário

A candidatura pode ser efetuada em qualquer momento.

Regulamentos e guias

Decreto-Lei n.º 239/2007 , de 19 de junho | Atribuição do Título Académico de Agregado
Circular n.º 2/2009 , de 13 de março | Manual de Procedimentos das Provas de Agregação

Contactos

Clique aqui  para consultar o horário de atendimento e contactos dos Serviços Académicos.

Para quem

No âmbito do ensino politécnico é conferido o título de especialista, o qual comprova a qualidade e  a  especial  relevância  do  currículo  profissional  numa  determinada área para o exercício de funções docentes no ensino superior politécnico.

Pode requerer a atribuição do título de especialista quem satisfaça, cumulativamente, as seguintes condições:

  • Deter formação inicial superior e, no mínimo, 10 anos de experiência profissional no âmbito da área para que são requeridas as provas;
  • Deter um currículo profissional de qualidade e relevância comprovadas para o exercício da profissão na área em causa

Como candidatar-se

A candidatura deve ser formalizada através de requerimento por carta registada e remetida aos Serviços Académicos da Universidade de Évora ou através da plataforma GesDoc  no caso de Docentes da Escola Superior de Enfermagem São João de Deus (ESESJD) da Universidade de Évora.

A candidatura deve ser formalizada junto dos Serviços Académicos da Universidade de Évora, através da apresentação da seguinte documentação:

  • Requerimento do candidato (Impresso T-012 );
  • 1 Exemplar do Currículo, com a indicação do percurso profissional, das obras e trabalhos efetuados e, quando seja o caso, das atividades científicas, tecnológicas e pedagógicas desenvolvidas;
  • 1 Exemplar do trabalho de natureza profissional na área das provas para apresentação, apreciação crítica e discussão;
  • 1 Exemplar de cada uma das obras mencionadas no currículo que o candidato considere relevante;
  • 1 Exemplar do currículo e do trabalho de natureza profissional em formato digital;
  • Fotocópia de Diploma do Curso de Especialização em Enfermagem e Termo de Equivalência ao Diploma de Estudo Superiores;
    Especializados em Enfermagem;
  • Fotocópia da Cédula Profissional;
  • Declaração de tempo de serviço;
  • Cópia do certificado de habilitações.

No caso dos candidatos não serem Docentes da Universidade de Évora são devidos os emolumentos de acordo a Tabela de Emolumentos  em vigor.

Calendário

A candidatura pode ser efetuada em qualquer momento.

Regulamentos e guias

Contactos

Clique aqui  para consultar o horário de atendimento e contactos dos Serviços Académicos.