HERCULES - Laboratório HERCULES - Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda

O laboratório de HERCULES, criado em 2009, é uma infraestrutura de investigação da Universidade de Évora, dedicada ao estudo e valorização do património cultural, com especial enfase na integração de metodologias das ciências físicas e dos materiais em abordagens interdisciplinares. Situa-se em Évora, uma cidade Património Mundial da UNESCO, e compreende vários laboratórios com equipamentos de ponta com a capacidade de desenvolver investigação inovadora que compreende a análise in situ não destrutiva, microanálise, análise química de alta resolução e desenvolvimento de materiais e produtos inovadores, tornando-se único em Portugal e um dos mais atrativos do seu tipo na Europa.
Objetivo Principal: Criação de uma infraestrutura de referência dedicada ao estudo da conservação e valorização do Património Cultural
Visão:

  • Produzir ciência de ponta
  • Valorizar e preservar o Património Cultural
  • Inspirar e formar as gerações jovens

 

Contactos
Tlf.: +351 266 706 581
Fax: +351 266 744 677
Morada:
Universidade de Évora
Laboratório HERCULES - Herança Cultural, Estudos e Salvaguarda
Palácio do Vimioso
Largo Marquês de Marialva, 8 7000-809 Evora
Avaliação FCT
"Excellent"

Membros

Integrados Doutorados

Competências

Artº 65º dos Estatutos da UÉ – Despacho Normativo n.º 10/2014 (2ª Série) de 5 de agosto
Em 10 de maio de 2016 o Lab. HERCULES não tem regulamento.

Infraestrutura científica e técnica dedicada ao estudo, conservação e valorização do património cultural (artístico, arquitetónico e arqueológico)

(Fonte: Entrevista individual)

1. Estudo material de bens patrimoniais pertencentes a estruturas externas e internas;
2. Promoção e valorização do património;
3. Inovação e desenvolvimento (criação de produtos e aplicação de técnicas inovadoras)

(Fonte: Entrevista individual)

Perfis Gerais das Pessoas para os Requisitos e Competências/Atribuições

Competências pessoais

1. Espírito de equipa
2. Simpatia
3. Orientação para os resultados
4. Autonomia

Competências técnicas

1. Utilização de equipamento e interpretação de dados nesta área
2. Resposta atempada às solicitações

(Fonte: Entrevista individual)

Esta informação ainda não incorpora o contributo dos trabalhadores, indicados pelos superiores hierárquicos, que participaram nas sessões realizadas pelo grupo de trabalho nomeado pelo Despacho nº 42/2016, de 16 de maio.