2024

Ferramentas SIG aplicados ao património

Nome: Ferramentas SIG aplicados ao património
Cód.: GEO13685O
6 ECTS
Duração: 15 semanas/156 horas
Área Científica: Geologia

Língua(s) de lecionação: Português
Língua(s) de apoio tutorial: Português

Apresentação

Programa avançado de utilização de ferramentas SIG aplicadas aos estudos
de património,

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Objetivos de Aprendizagem

-Criar referencial teórico para o desenvolvimento de SIG e tecnologias geoespaciais com
exemplos de estudos de património;
· Desenvolver a capacidade de projetar estratégias de investigação que utilizem um fluxo de
trabalho digital e ferramentas geoespaciais emergentes.
· Conhecer e aplicar técnicas para organizar dados espaciais relevantes para uma
determinada área de estudo e garantir sua compatibilidade analítica.
· Realizar a análise de padrões espaciais e fenômenos geográficos ligados ao patrimônio.
· Desenvolver abordagens para gerir e disseminar os resultados, enfatizando métodos digitais,
incluindo resumos estatísticos, organização de dados para relatórios sobre o patrimônio e
conceção de mapas usando princípios os cartográficos estabelecidos.

Conteúdos Programáticos

1. Introdução à organização e produção de SIG.
2. Novos métodos de aquisição e entrada de dados.
3. Mapas temáticos, buffers e sobreposições.
4. Representando os resultados com mapas.
5. Rasters, superfícies e dados contínuos.
6. Modelação local preditiva.
7. Quantificando padrões.
8. Estudos de patrimônio e SIG.
9. Usando ferramentas de geofísica em SIG.
10. Superfícies de custo e análise de ponto de vista.
11. Mapeamento e divulgação na Web.
12. GIS móvel.
13. Usando drones em estudos de patrimônio.
14. Caso de estudo.

Métodos de Ensino

O ensino será em modalidade b-learning em que os fundamentos SIG são adquiridos através de ferramentas online (moodle) guiadas pelo docente e com recurso a metodologias the gamification. Os exemplos aplicados ao património serão discutidos com os formandos e cada um trabalhará um caso de estudo fornecido e desenvolvido de acordo com os interesses de cada formando.
Avaliação contínua é efetuada através da entrega do relatório de um caso de estudo. Esse relatório deve envolver uma componente de enquadramento teórico e o desenvolvimento prático do caso de estudo.
A avaliação final é feita na forma de exame final e poderá ser efetuada em qualquer das épocas de exame previstas.

Bibliografia

Aldenderfer, M. and Herbert D.G. Maschner, editors (1996). Anthropology, Space, and
Geographic Information Systems. Oxford University Press, Oxford.
Bevan, A. and Lake, M. (2013). Computational Approaches to Archaeological Spaces. (Links
to an external site.) Left Coast Press, Walnut Creek CA
Connolly, James and Mark Lake (2006). Geographical Information Systems in Archaeology.
Manuals in Archaeology. Cambridge University Press, Cambridge, UK.
Goodchild, M. F., and Donald G. J. (2004). Spatially integrated social science. Oxford: Oxford
University Press.
Lock, Gary R., editor (2000). Beyond the map: Archaeology and spatial technologies. IOS
Press, Washington, DC
National Geospatial-Intelligence Agency: GEOnet Names Server (GNS), earthinfo.
nga.mil/gns/html
Westcott K. and Joe Brandon, R. (2000). Practical Applications of GIS for Archaeologists: A
Predictive Modeling Toolkit, London.
Westcott, K. L. and R. Joe Brannon, editors (2000). Practical Applications of GIS for
Archaeologists: a