Gestão e Valorização do Património Histórico e Cultural

Mestrado

Ano Letivo 2023/2024

Apresentação

O Mestrado em Gestão e Valorização do Património Histórico e Cultural (GVPHC) é um 2º Ciclo oferecido pelo Departamento de História da Universidade de Évora em colaboração com outros Departamentos da mesma Instituição.
O Mestrado tem como objetivo o aprofundamento de conhecimentos teóricos, conceptuais e técnicos em Património Histórico e Cultural, nas suas diversas vertentes, associados ao domínio das metodologias e técnicas de inventariação, preservação, valorização e gestão do mesmo Património. Pretende igualmente facultar competências que permitam o reconhecimento do valor das várias tipologias de Património, através do estudo da sua contextualização histórica e das diversas formas de valorização do mesmo presentes nas sociedades contemporâneas.
Assente numa visão multidisciplinar e integradora, o perfil de formação concebido para o Mestrado visa que os seus diplomados sejam agentes de dinamização do legado histórico e patrimonial das regiões, colocando-os ao serviço do seu desenvolvimento. Este Mestrado, assegurado por docentes com experiência nas áreas do Património Cultural, da História, da História de Arte, da Museologia, da Paisagem, Ambiente e Ordenamento e da Química, procura assegurar a formação de especialistas capazes de salvaguardar e gerir o Património Histórico e Cultural no Mundo Contemporâneo, bem como apostar no Património como uma forma de desenvolvimento sustentado e de promoção cultural das diferentes regiões e países.

O 2º Ciclo em GVPHC visa responder à solicitação dos estudantes com vista a uma formação complementar na área do Património, bem como responder às exigências formativas do mercado de trabalho. Os ramos existentes pretendem responder às solicitações de especialistas nas áreas de Património e História da Arte, Património e Ambiente e de Património Científico, Tecnológico e Industrial da parte nomeadamente de autarquias, fundações, museus e de instituições ligadas ao Património e à sua valorização e salvaguarda. A aquisição do grau de mestre pode ser feita através de dissertação ou de Relatório de Estágio, visando, no caso do Estágio, conferir uma formação mais prática e garantir uma melhor integração no mercado de trabalho. Os objectivos da formação são plenamente conseguidos quando se assiste a um crescente número de estudantes do mundo lusófono, passível de garantir a criação de uma plataforma estratégica por parte da Universidade de Évora no domínio do Património Histórico e Cultural.
Áreas de Especialização:
  • Património Artístico e História da Arte
Unidade Orgânica: Escola de Ciências Sociais
Duração: 4 Semestres/120 ECTS (72 obrigatórios e 18 optativos em UCS)
Língua: Português
Regime: Presencial
Áreas CNAEF:
  • História e Arqueologia (225)

Saídas Profissionais

Instituições públicas e privadas que lidem com a salvaguarda, a conservação, a gestão, a reutilização e a valorização do Património Histórico e Cultural (Museus, Fundações, Bibliotecas, Arquivos, Bibliotecas, Autarquias, entre outras). Organismos estatais e empresas públicas e privadas na área do Património. Produção de suportes textuais de cariz histórico e patrimonial para empresas de comunicação e de publicidade, agências de turismo criativo e de design, extensíveis à produção de conteúdos para formato digital.

Condições Específicas de Acesso

1.Condições de acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
Podem candidatar-se ao ingresso no segundo ciclo de estudos conducentes ao grau de mestre:
- Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
- Os titulares de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico competente da instituição de ensino superior onde pretendem ser admitidos;
- Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico competente da instituição de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

2. Condições de acesso ao ciclo de estudos na Universidade de Évora:
Os finalistas do grau de licenciado no ato da candidatura têm de reunir condições que garantam a conclusão da licenciatura até ao dia 30 de outubro do ano de ingresso. A admissão e matrícula destes estudantes estão condicionadas à conclusão da licenciatura até esta data, sendo a matrícula anulada caso não concluam a licenciatura nesse prazo.
No decorrer na 1ª fase podem candidatar-se a 2º ciclo os estudantes que tenham em falta no máximo 6 UC ou 36 ECTS para conclusão do curso; na 2ª fase podem candidatar-se se tiverem em falta 3 UC e na 3ª fase se tiverem em falta 1 UC.
Excetua-se do exposto acima os casos dos estudantes detentores de currículo que revelem experiência profissional ou científica que possa ser reconhecida pelo ´rgão científico competente,catestando capacidade para realização do mestrado/pós-graduçãao, desde que os estudantes requeiram esse reconhecimento no ato da candidatura.

Vias de Acesso e Candidaturas

Attribute Type Value
Edital array Array(7)
>curso string '2696'
>edicao NULL
>id string '2303'
>vagas string '8'
>vagas_internacionais string '3'
>vagas_por_especialidade boolean false
>vagas_por_instrumento boolean false
Estudantes de Países da UE
Vagas Iniciais: 8
Estudantes Internacionais
Vagas Iniciais: 3

Propinas

Valor Anual das Propinas

Estudantes de Países da UE
1050.00 €
Estudantes Internacionais
2500.00 €
Estudantes Internacionais com Bolsa de Mérito
1050.00 €
Estudantes Internacionais com Bolsa de Cooperação e Desenvolvimento
1250.00 €

Comissão de Curso

Queres uma experiência académica noutra instituição de ensino superior nacional ou internacional?

Conhece os programas, as instituições parceiras onde podes fazer um período de mobilidade.

Horários

Ano Letivo: 2023/2024

Documentos

Contactos

Diretor: Ana Cardoso de Matos [amatos@uevora.pt]

Gestor Académico: Ana Coca
Serviços Académicos (atendimento on-line): SAC.ONLINE