Gabinete de Apoio à Gestão das Instalações (STEC)

Documentos

Equipa

Competências

Regulamento dos STEC – Despacho nº 4303/2016 (2ª série) de 28 de março

Promover uma adequada gestão dos espaços comuns dos Colégios e Pólos da Universidade de Évora

(Fonte: Artigo 1º, nº 2 dos Regulamentos dos Serviços Técnicos da UÉ)

Prestar um serviço de qualidade tendo em conta a imagem da instituição. Ter um acolhimento cordial com utentes externos e internos. Envolvimento dos Assistentes Operacionais com os alunos nas diversas atividades académicas.

(Fonte: Entrevista individual)

1. Organizar e gerir os espaços físicos dos edifícios afetos a este gabinete;
2. Proceder ao levantamento das necessidades de intervenção ao nível da conservação e manutenção dos edifícios e equipamentos
3. Planear a manutenção dos espaços e assegurar as condições de segurança, de higiene e limpeza dos mesmos;
4. Apoiar ao nível técnico e logístico na realização de eventos e das atividades letivas
5. Assegurar a segurança contra intrusão nas instalações e espaços exteriores
6. Gerir e controlar o acesso aos edifícios e parques de estacionamento
7. Assegurar a abertura e encerramento dos diversos edifícios
8. Coordenar os recursos humanos afetos ao gabinete

(Fonte: Artigo 5º dos Regulamentos dos Serviços Técnicos da UÉ)

Perfis Gerais das Pessoas para os Requisitos e Competências/Atribuições

Competências Pessoais

1. Orientação para resultados
2. Orientação para a segurança
3. Trabalho de equipa e cooperação
4. Relacionamento Interpessoal
5. Responsabilidade e compromisso com o serviço
6. Tolerância à pressão e contrariedades
7. Gestão de conflitos 8. Assertividade
9. Comunicação
10. Planeamento, organização e método de trabalho
11. Iniciativa
12. Capacidade de mudança
13. Orientação para o serviço público
14. Motivação
15. Coordenação

Competências Técnicas

1. Gestão de pessoal para apoio às atividades da UE
2. Experiência em apoio a eventos;
3. Formação/experiência em atendimento ao público em geral (utentes externos e internos);
4. Conhecimento de procedimentos administrativos na área do economato e da aquisição de bens e serviços;
5. Conhecimento de informática na ótica do utilizador
6. Conhecimento de língua estrangeira (inglês, francês e espanhol)
7. Formação/experiência na área da segurança e higiene no trabalho
8. Coordenação
9. Otimização de recursos

(Fonte: Entrevista individual)

Esta informação ainda não incorpora o contributo dos trabalhadores, indicados pelos superiores hierárquicos, que participaram nas sessões realizadas pelo grupo de trabalho nomeado pelo Despacho nº 42/2016, de 16 de maio.