Mário Soares

Fotografia de Mário Soares
Patrono: Frederico Mayor Zaragoça
1997/28/02

Mário Alberto Nobre Lopes Soares, político e advogado, opositor ao regime do Estado Novo, foi várias vezes preso pela PIDE e deportado para São Tomé em 1968. Depois de concluída a licenciatura em Ciências Histórico Filosóficas em 1951, tirou o curso de Direito que terminou em 1957. Tendo defendido em tribunal vários opositores ao regime, foi obrigado a exilar-se em Paris em 1971, voltando apenas depois do golpe militar de 25 de Abril de 1974. É um dos mais importantes nomes do socialismo português. Foi Primeiro-ministro de 1974 a 1976 e Presidente da República em dois mandatos sucessivos (1986 a 1996). Ao seu nome estará associado o processo de descolonização, bem como a entrada de Portugal na Comunidade Europeia (1985).