José Augusto Alegria (1918-2004)

Fotografia do Cónego José Augusto Alegria
Patrono: Manuel Ferreira Patrício
1988/01/11

Músico e musicólogo, foi responsável pela divulgação dos Cantares do Alto Alentejo quando em 1945 fundou o Coro Polifónico de Évora. Em 1949 frequentou o Instituto de Música Sacra de Roma, licenciando-se em Ciências Musicológicas. Dirigiu o Coro Poliphonia de Lisboa, dando vários concertos na Europa. Dedicou-se à investigação da actividade musical da Sé de Évora e foi colaborador do Serviço de Música da Fundação Calouste Gulbenkian. Foram-lhe conferidos o Prémio "Ensaísmo Musical" (1985) e a Medalha de Mérito Cultural (1986).