Equipa de futebol 11 em 5º lugar no Europeu

Foi entre os dias 23 e 30 de julho de 2017, na cidade do Porto, que decorreu o Campeonato da Europa de Futebol Universitário 2017. Foram 16 Universidades Europeias as que se apresentaram para tentar conquistar o troféu.

A Universidade de Évora (UE) participou pela primeira vez nesta competição, depois de ter vencido o Campeonato Nacional Universitário no último mês de maio. As expectativas eram elevadas, o grupo de atletas alentejanos era forte e com grande ambição o que fazia da equipa da UE uma das fortes candidatas ao pódio.

No primeiro dia, 23 de julho de 2017, a UE ficou a conhecer o seu grupo, calhou em sorte a Universidade de Lille (Campeã de França), Universidade de Almería (Campeã Espanhola) e a Universidade do Chipre. Depressa se percebeu que seria muito difícil passagem aos quartos de final. Contudo a UE mostrou que estava na  cidade do Porto para vencer e mostrou perante a poderosa equipa da Universidade de Almería que estava bastante forte, vencendo o jogo inicial por 2-1. No segundo jogo, a UE rodando alguns dos seus titulares, perdeu para a fantástica equipa da Universidade de Lille (que se viria a tornar finalista vencida pela U. Kuban da Rússia) por 2-0, jogo que fez perceber à UE que estavam num Campeonato da Europa e que havia que correr mais para se ser melhor. No último e derradeiro jogo do grupo a UE defrontou a equipa da Universidade de Chipre (que tinha empatado na primeira jornada com a U. Lille). Tudo estava por decidir, mas, de forma imperial a UE venceu por 3-1, passando à fase seguinte em segundo lugar no grupo.  

Nos quartos de final a UE defrontaria a primeira classificada do grupo A, Noruega, equipa que nunca ao longo do jogo mostrou ter argumentos para vencer a UE, aliás, era das equipas com menos argumentos de todo o torneio. Durante 70 minutos (tempo total de jogo) a bola não quis entrar, foram bolas no poste, foram fantásticas defesas do guarda-redes adversário, até que termina o jogo e a decisão vai para as grandes penalidades. Nesta fase, os Noruegueses foram mais fortes, não tinham nada a perder. Já a UE tinha tudo, pois durante o jogo tinha demonstrado que era muito mais equipa que a Noruega. No fim, a UE foi derrotada nos penáltis, por 2-1 e o sonho terminou... Só restou redefinir objetivos e lutar por o 5º lugar.

No dia seguinte a UE vence facilmente a U. Basileia por 2-1. Para o último dia estava em disputa o 5º lugar contra a equipa finalista do ano anterior, a U. Bochum. No final do jogo verificava-se um empate a 1-1 e nas decisões dos penáltis a UE foi mais forte, vencendo por 5-4.

Em termos globais a UE surpreendeu tudo e todos, pois sempre mostrou que poderia ter alcançado um lugar no pódio. Tal não foi possível, e ficou-se pelo fantástico 5º lugar,  entre 16 participantes.

Foi a primeira vez que a UE participou numa competição internacional com uma modalidade colectiva e talvez essa falta de experiência, ajude a explicar a falta de “frieza” em alguns momentos.

Resta dar os Parabéns ao fantástico grupo de atletas e staff técnico, que tão bem representou a Universidade de Évora, a Cidade de Évora e Portugal no Campeonato da Europa de Futebol 11 Universitário 2017.

SASUE - Serviços de Ação Social da Universidade de Évora

Publicado em 02.08.2017